marcas1Grendene & Lucro

31/10/2017 — O lucro líquido da Grendene — a maior indústria calçadistas do país — caiu 2,8% no terceiro trimestre de 2017. Baixou para R$ 146,7 milhões, no comparativo com o mesmo período do ano passado. A receita líquida de vendas atingiu R$ 596,3 milhões no período, o que corresponde a 11,2% a mais do que um ano antes. O lucro, descontados os compromissos com pagamento de juros, com a depreciação do patrimônio e com a amortização de dívidas, chegou a R$ 126,7 milhões entre julho e setembro, alta de 4,2% no comparativo anual. No resultado geral do ano — janeiro a setembto —, a companhia informou lucro líquido de R$ 410,5 milhões, um avanço de 5,9% em relação ao mesmo período de 2016. A Grendene é dona, entre outras, da marca Havaianas.

O Desempenho Em 2016
20/02/2017 — A Grendene reportou um lucro líquido de R$ 634,5 milhões em 2016, o que representou um crescimento de 15,1% em relação ao ano anterior. A empresa informou que a política rígida de disciplina nos custos e despesas mais do que compensou a queda nas vendas em função do cenário de recessão no Brasil e das dificuldades para exportação no período. O resultado também foi favorecido por uma base de comparação mais baixa no quarto trimestre de 2015, quando a empresa registrou uma perda não recorrente de R$ 40,1 milhões. A receita líquida no quarto trimestre recuou 7,2%, indo para R$ 626 milhões.

20160802 iveteEm volume de vendas, houve queda de 8%: 50,5 milhões de pares. As vendas no mercado interno encolheram 2,2% (39,3 milhões de pares), enquanto as exportações caíram 24%, o equivalente a 11,2 milhões de pares. O preço médio no Brasil aumentou 10,8%, enquanto o valor médio por par exportado teve uma redução de 6,9%. No ano, a receita líquida caiu 7,1% (R$ 2,045 bilhões). As vendas no mercado interno diminuiram 8,1% (123,6 milhões de pares). As exportações encolheram 13% (40 milhões de pares). Mesmo com a queda nos embarques, a Grendene manteve a liderança nas exportações de calçados brasileiros. No ano fechado de 2016, a empresa respondeu por 31,8% desse mercado.

alexandre-grendene15aGRENDENE — Foi fundada no dia 25 de fevereiro de 1971, na cidade de Farroupilha, Rio Grande do Sul. É uma empresa de capital aberto, cujo maior acionista é o empresário Alexandre Grendene Bartelle. Sua primeira linha de produtos foi a confecção de embalagens plásticas para garrafões de vinho. Depois, passou a utilizar a poliamida (nylon) como matéria-prima para a fabricação de solados e saltos para calçados. Em 1979, lançou a coleção de sandálias plásticas com a marca “Melissa”, no estilo aranha, inspirada nos calçados utilizados por pescadores franceses. Em 1986, ocorreu o lançamento das sandálias “Rider”, direcionado para o público masculino. Em 1993, a sede fabril foi instalada na cidade de Sobral, Ceará. De acordo com os dados disponíveis na Bovespa, tem mais de vinte mil funcionários.


 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados