Lucro BB
fachada2

15/05/2020 — O Banco do Brasil divulgou lucro líquido ajustado de R$ 3,4 bilhões para o primeiro trimestre de 2020. Por causa do cenário desafiador para todo o sistema, o resultado do trimestre impactou-se pela antecipação prudencial, resultando no reforço de provisões em R$ 2,0 bilhões. Mesmo assim, houve uma queda de 19% no lucro líquido na comparação com o primeiro trimestre de 2019, de R$ 4,2 bilhões. Apesar da queda do lucro, a geração de negócios permaneceu forte, evidenciada pelo crescimento de 15,4% do resultado estrutural na mesma base de comparação. A carteira de crédito ampliada totalizou R$ 725,1 bilhões, crescimento de 5,8%. O Banco do Brasil é uma empresa sociedade anônima, cujo controle acionário é do Governo Federal. O banco fechou 2019 com 3.692 agências e 93.190 funcionários.

Em 2019
19/02/2020 — O Banco do Brasil registrou lucro líquido contábil de R$ 18,2 bilhões em 2019. O resultado representa um aumento de 41,2% na comparação com 2018, quando o lucro registrou R$ 12,9 bilhões. O lucro líquido ajustado do banco, que exclui itens extraordinários, somou R$ 17,8 bilhões no ano passado, valor 32,1% maior se comparado ao mesmo período de 2018. De acordo com o relatório contábil, o resultado foi impulsionado pelo aumento da margem financeira bruta, associado à redução da despesa com provisões para calotes e pelo crescimento das receitas com prestação de serviços acima das despesas administrativas. O Banco do Brasil é uma empresa, cujo acionista principal é o Governo Federal. A instituição fechou 2019 com 3.692 agências e com 93.190 funcionários.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados