20190703Unimed Lucro

04/07/2019 — De acordo com a lei, as cooperativas, a exemplo das sociedades anônimas, são obrigadas a publicar, trimestralmente, os seus resultados financeiros. A medida é necessária para dar conhecimento, principalmente para os cooperados, da saúde financeira da instituição. A Unimed Franca, uma cooperativa médica, publicou as demonstrações financeiras referentes ao primeiro trimestre de 2019. Segundo os dados, a instituição teve lucro líquido de R$ 2.011.860,63, queda de 16,1% na comparação com o primeiro trimestre de 2019, quando esse lucro registrou R$ 2.398.840,17Mas, por outro lado, o patrimônio líquido cresceu 18%.

Passou de R$ 45,2 milhões em março do ano passado para R$ 53,3 milhões para março deste ano. As receitas com operações de planos de saúde no primeiro trimestre de 2019 somaram R$ 58,0 milhões, contra R$ 49,6 milhões no mesmo período do ano passado, crescimento de 16,9%. A Unimed Franca fechou os primeiros três meses do ano com 286 médicos em sua base de atendimento. Esses médicos estão distribuídos por quarenta e duas especialidades, três laboratórios, treze clínicas e um hospital, o São Joaquim. A base de segurados tem setenta mil clientes.Em 2018, a innstituição tentou comprar o Hospital Regional, mas a operação foi bloqueada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica. Segundo o CADE, a união dos dos dois causaria um desequilíbrio no atendimento privado de saúde no município de Franca.

Débito ISS
27/04/2012 — A Sociedade Cooperativa de Serviços Médicos e Hospitalares de FrancaUnimed —, proprietária de um hospital no Bairro São Joaquim, deve R$ 14.166.177,87 para a Prefeitura de Franca, débito corrigido até 31 de dezembro de 2011. Esses valores são decorrentes da falta de recolhimento do tributo até 2006, quando a Divisão de Assuntos Fazendários do município começou a abrir uma série de procedimentos para fazer a cooperativa médica cumprir a lei tributária municipal. A informação está no próprio balanço patrimonial da entidade, publicado na imprensa, como determina a legislação. A Unimed informa no balanço que os recursos estão provisionados, mas os processos estão em fase de contestação administrativa e judicial.

Atendimento
05/12/2013 — A Unimed Franca precisa melhorar muito ainda para oferecer um atendimento de qualidade aos seus mais de sessenta mil usuários. É o que demonstra o ranking das operadoras de saúde, divulgado pela Agência Nacional de Saúde Complementar. A unidade de Franca alcançou o índice de 0,7117 — posição intermediária —, cuja nota maior é 1. A instituição mostrou evolução em relação ao índice alcançado em 2011 (0,6825). A cooperativa recebeu avaliação muito baixa nos quesitos “dimensões econômico-financeiras” e “satisfação dos beneficiários”. O diretor Paulo Cruz Neto disse ao Comércio da Franca solicitaria uma “revisão administrativa em relação ao primeiro caso”.


 

 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados