banner-topo

Fernando Sabino — o mineiro-carioca — foi um dos maiores cronistas do Brasil

fernando-sabino ft1Fernando Sabino

Fernando Tavares Sabino nasceu no dia 12 de outubro de 1923, na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. Morreu no dia 11 de outubro de 2004, na cidade do Rio de Janeiro. Desde a mais tenra idade se interessou pela escrita. Começou a escrever contos aos treze anos de idade. Seu primeiro trabalho foi uma história policial, publicada numa revista da polícia do seu estado natal. Também esportista, foi campeão sul-americano de nado-costas, a sua especialidade, em 1939. Na área da cultura, ganhou o segundo lugar na Maratona Nacional de Português e Gramática. No início da década de 1940, começou cursar a faculdade de direito e, no jornalismo, começou a trabalhar como redator da Folha de Minas.

fernando-sabino ft2O primeiro livro de contos — “Os Grilos Não Cantam Mais” — foi publicado em 1941. Em Belo Horizonte, formou com Hélio Pellegrino, Otto Lara Rezende e Paulo Mendes Campos o Grupo dos Vintanistas. Esse grupo discutia literatura e fazia passeios boêmios pelas noites da capital mineira. Suas histórias serviram para a publicação da obra “O Encontro Marcado”, um sucesso editorial na época. Em 1944, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde se tornou colaborador regular do jornal Correio da Manhã. Em 1960, fundou a Editora do Autor, junto com o Rubem Braga. Em 1963, deixou essa editora para fundar a Editora Sabiá. Em 1973, fundou a Bem-Te-Vi Filmes, onde passou a fazer curtas-metragens. Ganhou o Prêmio Jatubi — o mais importante da literatura brasileira — em 1980 e em 2002.

Principais Obras
1941 — Os Grilos Não Cantam Mais (contos)
1944 — A Marca (novela)
1952 — A Vida Real (novela)
1956 — O Encontro Marcado (romance)
1960 — O Homem Nu (crônicas)
1979 — O Grande Mentecapto (romance)
1982 — O Menino No Espelho (romance)
1984 — Macacos Me Mordam (crônicas)
1985 — A Faca de Dois Gumes (novela)
1987 — Martini Seco (romance)
1991 — Zélia, Uma Paixão (biografia)
1992 — O Bom Ladrão (novelas)
1993 — Aqui Estamos Todos Nus (novelas)
1993 — Os Restos Mortais (conto)
1994 — A Nudez da Verdade (conto)
1995 — Com a Graça de Deus (conto)
1996 — O Outro Gume da Faca (novela)
1997 — Um Corpo de Mulher (novela)
1999 — A Chave do Enigma (romance)
2000 — Duas Novelas De Amor (novelas)
2003 — Os Caçadores de Mentiras (novelas)
2004 — Os Movimentos Simulados (romance)



© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados