banner-topo

Goethe, de Fausto, um dos principais escritores alemães de todos os tempos

 goethe1Goethe

JOHANN WOLFGANG GOETHE nasceu no dia 28 de agosto de 1749, na cidade de Frankfurt, Alemanha. Morreu no dia 22 de março de 1832, na cidade de Weimar.

Filho de uma família burguesa de Frankfurt, aos dezesseis anos foi para Leipzig, onde iniciou o curso de direito. Dessa época são suas primeiras poesias galantes e seus primeiros amores. Mas essas atividades foram interrompidas por uma grave doença e por estudos ocultistas, problemas que mais tarde seriam tratados em Fausto (1808). Em Estrasburgo, onde estudou medicina, história e ciências políticas, conheceu o escritor Johann Herder, que muito o influenciaria. Com ele, tomou contato com a Alemanha Medieval, passando a admirar o estilo gótico da catedral da cidade e a reconhecer a beleza da poesia popular.

Aprofundou-se também nas obras do dramaturgo e poeta inglês William Shakespeare. Foi pesquisando poesia popular na Alsácia que o escritor conheceu a jovem Frederike Brion (1752-1813), por quem ficou apaixonado. Com os jovens da geração de 1750 reuniu-se em torno de Herder, formando um grupo que tumultuaria a arte alemã: Tempestade e Ímpeto. Esse movimento anárquico de ordem estética e espiritual representa a revolta contra as regras tradicionais de ordem moral, social, política ou religiosa. Seus membros acreditavam que a criação artística deveria obedecer unicamente a padrões subjetivos e à auto-expressão. O dever do artista seria se preocupar antes de tudo com seus sentimentos, com sua vida interior.

O pré-romantismo do Sturm und Drang, que teve a sua manifestação máxima entre 1770 e 1785, influenciou a literatura mundial da época muito mais do que o romantismo propriamente dito. É o caso do romance Os Sofrimentos do Jovem Werther (1774), do drama Göetz von Berlichingen (1773) e de Urfaust. Em 1775, foi para Weimar. Nesta cidade, ocupou cargos públicos, nos quais tratava de assuntos administrativos, militares e financeiros. Nessa fase, escreveu poemas importantes, tais como Prometheus, Limites da Humanidade, O Divino, Canção da Noite do Caminhante e Viagem Pelo Harz No Inverno. Mas a arte não era sua preocupação exclusiva. O centro de seu pensamento era Charlotte de Stein (1742-1827), mulher que representou para ele a imagem mais perfeita do equilíbrio, da nobreza e da harmonia.

A personalidade de Charlotte seria imortalizada na peça Ifigênia em Táurida (1779) e na princesa de Torquato Tasso, obra começada em 1780. Exausto pelo trabalho que vinha realizando, partiu em 1786 para a Itália, numa viagem que se tornaria muito importante para sua obra e sua vida. As Elegias Romanas são consideradas o mais ardente conjunto de poemas eróticos de sua época. Quando voltou a Weimar, em 1788, casou-se com Christiane Valpius (1762-1827). Em 1789, rompeu com a Revolução Francesa. Por sua índole apolítica, seu esteticismo e suas tendências de moderação e equilíbrio, passou a ser hostil ao movimento revolucionário francês. Na peça A Filha Natural procurou esclarecer as causas morais da queda do Velho Regime. A sua velhice foi fecunda. Dentre as inúmeras obras desse período, o destaque vai para O Segundo Fausto, de 1832.

 


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados