clemens-brentano1Clemens Brentano

CLEMENS WENZESLAUS BRENTANO nasceu no dia 09 de setembro de 1778, na cidade de Koblenz, Alemanha. Morreu no dia 28 de junho de 1842, na cidade de Aschaffenburg. Realizou os estudos superiores na Universidade de Halle, frequentando depois a Universidade de Iena. Nesta, passou a pertencer a um dos primeiros grupos românticos do seu país. Adquitiu renome como escritor com um romance publicado no ano de 1800, intitulado “Godwi ou A Estátua da Mãe”.

Nessa obra, escrita sob a influência do Johann Goethe, figura a célebre balada da Lorelei. É ainda dessa época a comédia de intriga “Ponce de León” (1801), sátira ao seu próprio caráter indeciso e atormentado. Além desta, registrou no mesmo ano a “Crônica de Um Escolar Vagabundo”. Em 1803, casou-se com a escritora Sophie Mereau. Teve com ela três filhos, os quais não sobreviveram. Também perdeu a mulher em 1806. Depois disso, estabeleceu-se na cidade de Heidelberg, onde reencontrou o Archim von Arnim, seu amigo de adolescência.

clemens-brentano2Juntos, publicaram, em 1806, o livro “A Cornucópia do Garoto”, uma coletânia de cantos populares. Após um novo casamento infeliz, em 1807, participou da luta antinapoleônica. Em 1817, converteu-se ao catolicismo. Passou cerca de seis anos à cabeceira da religiosa Catherine Emmerich, recolhendo o relato das visões que a perseguiam. Esses delírios foram transcritos no livro “Paixão Dolorosa do Nosso Senhor Jesus Cristo”. Em sua homenagem foi instituído na Alemanha o Prêmio Clemens Brentano de Literatura.


 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados