Imprimir
Categoria: Escritores Britânicos
Acessos: 91

Oliver Twist

17/03/2020 — Chegou às livrarias mais uma edição da obra “Oliver Twist”, do inglês Charles Dickens. Publicado pela primeira vez em 1837, o livro apresenta um garoto pobre que vive de caridade nas ruas frias de Londres. Mesmo com todas as dificuldades decorrentes do cuidado negligente da família, o personagem, ao conhecer pessoas, descobre que pode ter esperanças. O texto se tornou um clássico da literatura universal. Desta vez, o livro sai pela Editora do Brasil em edição bilíngue (português e inglês), com 144 páginas e com preço sugerido de R$ 53,70. O “Oliver Twist” foi diversas vezes adaptado para o cinema, com destaque para a versão de 2005, dirigida pelo Roman Polanski. Agora, o canal americano NBC anunciou a produção da série “Twist”, a ser lançada em 2021.

20191223Charles Dickens
CHARLES JOHN HUFFAN DICKENS nasceu no dia sete de fevereiro de 1812, na cidade de Landport (atual Portsmouth), Condado de Hamp, Inglaterra. Morreu no dia nove de junho, na cidade de Higham, Condado de Kent. Por causa da instabilidade dos pais, teve uma infância muito problemática. Começou a trabalhar muito cedo numa fábrica de graxa para se manter. A situação começou a melhorar somente em 1832, quando, com vinte anos, ingressou no jornal True Sun para exercer a função de repórter. O primeiro escrito de importância, uma crônica feita em razão de uma desilusão amorosa, ganhou muita repercussão no Morning Chronic, então o maior jornal de Londres.

A popularidade das crônicas abriram-lhe mais espaço no jornal. Assim, iniciou pela publicação em capítulos do primeiro romance “As Aventuras do Sr. Pickwick”. Nesse romance, revelou-se um grande humorista. O sucesso do livro, levou-o a começar escrever, também em fascículos, o “Oliver Twist”. Nesse romance, o riso perdeu para a lágrima. Entre 1843 e 1948, publicou cinco obras da série “Livros de Natal”. Esses livros são considerados os introdutores do espírito natalino no Reino Unido, primeiro, e, depois no mundo inteiro. A série, iniciada com o “Um Conto de Natal”, foi diversas vezes transposta para o cinema e a televisão. No total, o Charles Dickens, além dessa série, escreveu 14 romances. É considerado um “clássico” da literatura universal.

Copperfield
23/03/2018 — A Companhia das Letras enviou para as livrarias uma nova edição do clássico “David Copperfield”, do inglês Charles Dickens. Publicado originalmente na forma de folhetim entre 1849 e 1850, o romance é o mais autobiográfico do autor. Na obra, acompanha-se a jornada do herói, nascido na Inglaterra dos anos 1820. Órfão de pai desde o nascimento, o David pertence à imensa massa de desfavorecidos apresentados como protagonistas pela literatura do Século XIX. Parte fundamental da tradição do grande romance realista, o livro mostra como um garoto pobre se tornou um escritor de sucesso. Como alguns dos outros romances do Dickens, esse também contém descrições perturbadoras de abuso infantil. Em 1999, a BBC de Londres lançou uma minissérie baseada no livro, com o Daniel Radcliffe no papel do David Copperfield.