20200625aOrwell

ERIC ARTHUR BLAIR nasceu no dia 25 de junho de 1903, na cidade de Mothari, Índia, quando este país ainda era uma colônia britânica. Morreu no dia 21 de janeiro de 1950, na cidade de Camden, Inglaterra. Filho de uma família de posses, estudou no Colégio Eton, uma escola de elite. Regressando à Índia, serviu, entre 1922 e 1927, na Política Imperial Indiana. Abandonou o trabalho, revoltado com o sistema colonial inglês. Passou, então, a se dedicar inteiramente à Literatura. Voltou, depois, para a Europa, vivendo em Londres e em Paris, em condições extremamente humildes.

Essas condições seriam descritas nos primeiros livros “Vencido Em Paris e Londres” (1933) e “O Caminho Para Wigan Pier” (1937). Ao deflagrar-se a Guerra Civil Espanhola em 1936, partiu para a Espanha, onde escreveu artigos para a imprensa e acabou se engajando numa milícia de republicanos. Lutou junto com os partidários do Partido Obreiro da Unificação Marxista. Ferido em combate, regressou à Inglaterra em 1937. Recolheu-se numa pequena propriedade para escrever, criar galinhas e cultivar verduras. Durante a Segunda Guerra Mundial, tentou o alistamento, mas foi rejeitado. Em compensação, recebeu o cargo de correspondente da BBC na Índia. Os melhores obras dele baseiam-se nas próprias experiências.

Assim, o livro “Lutando Na Espanha” (1938) é o relato do engajamento na guerra civil daquele país. No texto, confessa-se desiludido com a política sectária de esquerda. O livro “Revolução dos Bichos” e a obra-prima “1984”, de 1945 e 1949, derivam também da experiência espanhola. O primeiro satiriza o que lhe parecia o aburguesamento dos líderes da Revolução Russa. O outro condena o stalinismo em particular e o totalitarismo em geral. O “1984” retrata teoricamente uma sociedade futura, na qual seria levado ao extremo o controle da vida do cidadão. O livro foi diversas vezes transposto para o cinema e a televisão. A versão mais famosa é de 1984, filme estrelado pelos astros John Hurt e Richard Burton, com direção do Michael Radford. Para 2021, anunciou-se mais uma versão do livro, com direção do britânico Paul Greengrass e produção da Sony Pictures.

20200625b


 

Penas da Bretanha

UP TOGGLE DOWN

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados