juan-g-vasquez in2Juan Gabriel Vasquez

Está chegando às livrarias brasileiras o livro O Ruído das Coisas ao Cair, do escritor colombiano Juan Gabriel Vasquez. A tradução é de Ivone C. Benedetti e a editora é a Alfaguara, que está disponibilizando a obra (de 247 páginas) ao preço sugerido de R$ 39,90. Segundo o enredo, um disparo na cabeça e outro no coração matam o hipopótamo que um dia residiu no zoológico particular de Pablo Escobar (1949-1993), chefão do narcotráfico na Colômbia. A notícia terá forte impacto sobre Antonio Yammara — um sujeito pacato, quase quarentão, que leciona direito na Universidade de Bogotá.

Um homem deve contar a história da sua vida aos 40 anos”, decide ele. E assim começam as reminiscências do personagem: na mesma altura da década de 1990, em que Escobar é morto, Yammara conhece o ex-presidiário Ricardo Laverde. Quando este é assassinado, Yammara decide investigar o crime e acaba mergulhado não só em histórias perversas do tráfico de drogas, mas também em seu próprio passado. Embora more há mais de dez anos na Espanha, o autor, de 39 anos, descreve uma Bogotá vívida, das ruas populares ao casario antigo com telhas de barro. Segundo a crítica, ele passa longe do “realismo mágico” e investe numa narrativa naturalista e dura, que ilustra como o tráfico de drogas afeta os cidadãos comuns e dilacera a sociedade (Fonte: Veja 2 304).

JUAN GABRIEL VÁSQUEZ nasceu em Bogotá em 1973. Publicou Os Informantes, seu primeiro romance, em 2004. É autor do livro de relatos Los Amantes de Todos Los Santos (Alfaguara 2001) e também de Historia Secreta de Costaguana (Alfaguara, 2007), que lhe rendeu o Prêmio Qwerty de melhor romance espanhol (Barcelona) e o Prêmio Fundación Libros & Letras (Bogotá). Seus livros foram publicados na Inglaterra, Estados Unidos, Holanda, França, Itália, Alemanha, Polônia, Israel e Brasil. Também é tradutor e jornalista: é colunista do jornal colombiano El Espectador.


 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados