banner-topo

Ayala y Herrera, misto de teatrólogo e político

ayala-y-herrera1Ayala y Herrera

Adelardo López de Ayala y Herrera nasceu no dia 01 de maio de 1828, na cidade de Guadalcanal, Sevilha, Espanha. Morreu no dia 30 de janeiro de 1879, na cidade de Madri.

Era muito jovem quando começou a escrever para o teatro. Sua peça em quatro atos em verso Um Homem de Estado foi aceita pelos diretores do Teatro Espanhol e estreada em 1851. No ano seguinte tornou-se conhecido com a peça Castigo e Perdão. Em 1854, escreveu Rioja, considerada pela crítica um dos seus melhores trabalhos. Adotando uma linha política liberal, teve sua peça seguinte — O Conde de Castralla — proibida pelo governo após a terceira apresentação.

Em 1857, foi eleito deputado pela cidade de Badajoz. Em 1871, retomou seus princípios conservadores, tornando-se membro do gabinete de ministros do rei Afonso VII. Enquanto isso, sua reputação como dramaturgo aumentava, com as peças Um Tanto Por Cento e O Telhado de Vidro. Seu último trabalho — Consuelo — estreou em 1878. Considerado também um autor lírico, seu melhor trabalho nesse campo é a Epístola a Emilio Arrieta. Pouco antes de sua morte, foi nomeado presidente do Congresso Espanhol.

Outros espanhóis famosos
Alberto Undiano (árbitro de futebol) — Antonio Gaudí (arquiteto) — Diego de Almagro (conquistador) — Louis Blanc (historiador) — Marco Trajano (imperador romano)


 


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados