banner-topo

Guillaume Apollinaire, poeta italiano, um dos precursores do surrealismo

guillaume-apollinaire1Guillaume Apollinaire

WILHELM APOLLINARIS KOSTROWITZKI nasceu no dia 26 de agosto de 1880, na cidade de Roma, Itália. Morreu no dia 9 de novembro de 1918, na cidade de Paris, França, vítima da gripe espanhola.

Era filho de uma aristocrata polonesa que emigrara para a Itália e, presume-se, do italiano Francesco Flugi d´Aspermont. Em 1901, esteve na Alemanha, onde se apaixonou por Annie Playden, jovem inglesa, que lhe inspirou a famosa obra Chanson du Mal-Aimé (Canção da Dor de Amor). Seguindo para Paris no ano seguinte, iniciou a carreira literária ao colaborar em diversas revistas. Era amigo bastante íntimo de Pablo Picasso e foi um dos primeiros autores a escrever sobre o pintor espanhol e outros pintores contemporâneos.

Em 1908, conheceu Marie Laurencin, por quem também se apaixonou. Ela é tida como inspiradora de muitas de seus poemas de amor. Publicou seu primeiro livro em 1909: L´Enchanteur Pourissant, com uma tiragem de apenas 110 exemplares. Logo depois, dirigiu a publicação de uma série de livros intitulada Mestres do Amor, para a qual escreveu um prefácio sobre o Marquês de Sade, que alcançou grande repercussão na crítica e no público. Em 1916, participou da Primeira Guerra Mundial. É considerado um dos precursores do surrealismo, tendo escrito, ainda: Ombre de Mon Amour (Sombra de Meu Amor), Alcools (Álcool), La Femme Assise (A Mulher Assentada), Les Mamelles de Tirésias (Os Peitos de Tirésias).


 


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados