banner-topo

Matteo Boiardo foi um dos principais poetas italianos do século XV

matteo-boiardo ft1Matteo Boiardo

Matteo Maria Boiardo nasceu em dia e mês incertos do ano de 1441 e morreu no dia 19 de dezembro de 1494, na cidade de Scandiano, Reggio Emilia, Itália. Ainda criança, foi levado para a cidade de Ferrara, para junto da família da sua mãe, onde teve incentivado o seu talento para a arte e a poesia. Com a morte do pai, passou vários anos na sua região natal, no feudo da família, lutando contra vizinhos, para manter os seus direitos, e contra parentes, pela divisão dos bens familiares. Em 1469, foi designado para a comitiva do imperador Francisco III, que se hospedara na casa da família Borso D´Este, em Ferrara.

De 1471 a 1480, permaneceu ligado àquela família, sendo, depois, nomeado capitão do duque de Módena e, em seguida, de Reggio. Grande conhecedor dos autores clássicos, tornou-se acessível ao público ao publicar os autores romanos Cornélio Nepos e Lúcio Apuleio. Utilizando-se de traduções disponíveis em latim, publicou também a “Ciropédia” e as “Histórias”, dos gregos Xenofonte e Heródoto, respectivamente. Debruçou-se também sobre a obra “Lúcio ou o Asno”, do romano Luciano de Samósata. Da sua direta autoria, deixou obras em latim e em italiano, nas quais celebrou Hércules D´Este e Afonso de Aragão. Sua obra mais importante foi “Cancioneiro”, inspirada em sua paixão pela Antonia Caprara. Destaque também para o poema de cavalaria “Rolando Enamorado”, que ficou inacabado.



© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados