plutao1A New Horizons No Plutão

13/07/2015 — Nunca na história, um veículo espacial chegou tão longe. A sonda New Horizons, que saiu da Terra em 2006, ficou a exatos 12.472 quilômetros do Planeta Plutão. Lançada pela Nasa, a sonda tem o objetivo trazer informações sobre o planeta-anão. Ela vai completar uma rota de 4,77 bilhões de quilômetros. Desde quando saiu da Terra, foram apresentadas imagens que revelaram detalhes do Saturno e do Netuno. Quando começou a se aproximar do Plutão, a sonda já fez imagens do planeta. Em uma delas revelou Caronte (a maior lua) em sua órbita. Em dois dias, a Nasa divulgou mais de mil fotos do planeta.

new-horizons1O planeta-anão foi descoberto em 1930. Até 2006, foi considerado o nono planeta do Sistema Solar. No final da década de 1970, com a descoberta do 2060 Quíron e o reconhecimento da sua pequena massa, essa classificação como um planeta começou a ser questionada. No início deste século, vários outros objetos similares a ele foram descobertos, incluindo Éris, que é 27% mais massivo. Em 24 de agosto de 2006, a União Astronômica Internacional (UAI) criou uma definição de planeta formal, que fez Plutão deixar de ser planeta e ganhar a nova classificação de planeta-anão, juntamente com Éris e Ceres. Muitos cientistas, porém, discordam dessa decisão da UAI.

O período de rotação do Plutão é igual a 6,39 dias. Como Urano, ele gira “de lado” em relação ao seu plano orbital, como uma inclinação axial de 120 graus. Assim, a variação entre as suas estações do ano é extrema. Durante o solstício, um hemisfério está permanentemente de dia, enquanto o outro está permanentemente de noite. Observações detalhadas sobre o seu comportamento são dificultadas pela distância. Por isso, a presença da sonda New Horizons será fundamental para atualizar os dados científicos. O nome “Plutão” foi dado em homenagem ao deus do submundo na mitologia romana (Hades, na mitologia grega). Igualmente, a lua Caronte é uma referência ao barqueiro do Rio Estige, que leva as almas para o deus do inferno.


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados