20170912 us openVolta Por Cima

12/09/2017 — A Maria Sharapova já foi a atleta feminina com o maior patrocínio do mundo. Mas o cacife dela caiu pela implicação em casos de doping, os quais determinaram a suspensão temporária das quadras. Fora dos grandes torneios desde 2016, a russa voltou com tudo em 2017. Embora não tenha disputado diretamente o título, derrotou a romena Simona Halep, a segunda do ranking mundial, e a húngara Timea Babos, no Aberto dos Estados Unidos. O figurino apresentado no torneio brilhou. Via de regra, usou um vestidinho cravejados de cristais, assinado pelo estilista Ricardo Tisci. A peça foi avaliada em “modestosUS$ 500, o equivalente a R$ 1,6 mil. Sharapova iniciou a carreira em 2003. De lá para cá ganhou 35 títulos da Associação das Tenistas Profissionais (WTA).

Sharapova Vs. WTA
24/10/2016 — O nome da Maria Sharapova não aparece mais no ranking mundial da Associação Mundial das Tenistas Profissionais. Suspensa há nove meses pelo uso de doping, a russa perdeu os últimos pontos que defendia na temporada. Por isso não consta da lista atualizada. A ex-número 1 do mundo foi flagrada pelo uso da substância Meldonium durante o Aberto da Austrália, em janeiro. Suspensa, perdeu todos os pontos que defendia desde 2015. Como havia sido semifinalista do Masters de 2015, ela ainda mantinha 690 pontos no ranking até a semana passada. Por isso, nunca saiu do top 100. Desde julho, variava do 91.º ao 96.º lugar. Agora, teve seus pontos zerados. Com a paralisação forçada carreira, teve, também, vários patrocínios cancelados.

sharapova-r3Suspensão
08/06/2016 — A Federação Internacional de Tênis anunciou que a russa Maria Sharapova está suspensa por dois anos, por ter testado positivo para doping no Aberto da Austrália de 2016 A punição, de acordo com o programa antidoping da entidade, deverá valer até janeiro de 2018, mas a tenista informou que vai recorrer. A russa, vencedora de cinco títulos de Grand Slam, revelou em março que havia sido flagrada no uso do Meldonium, medicamento que consumia há dez anos, em razão de problemas respiratórios.

O remédio passou a figurar como doping no dia 01/01/2016. Segundo os especialistas, ele aumentaria o aporte de oxigênio nas células musculares, melhorando o desempenho do (a) atleta. Sharapova terminou o Aberto da Austrália na quinta colocação. Caiu nas quartas-de-final diante da americana Serena Williams. A consequência mais imediata da punição é a impossibilidade dela de competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Nos Jogos de Londres, em 2012, ela ficou com a medalha de prata. Na carreira, ela já ganhou 35 títulos, cinco de Grand Slam. Em dinheiro, já faturou quase US$ 40 milhões.

sharapova-garros14bMaria Yuryevna Sharapova nasceu no dia 19 de abril de 1987, na cidade de Nyagan, Khantia-Mansia, Rússia. Com três anos de idade, mudou-se com a família para a localidade de Sochi, onde começou a jogar tênis. Aos seis anos, num clube de tênis em Moscou, foi observada por Martina Navrátilová, que convenceu os seus pais a levá-la para treinar nos Estados Unidos.

Em 2004, tornou-se a segunda mais nova tenista a ganhar o título de Wimbledon na era aberta, ao derrotar Serena Williams por 2 sets 0. Foi também a primeira russa a ganhar esse torneio. De grande beleza física, chegou a fazer alguns trabalhos como modelo. Alcançou o primeiro lugar no ranking mundial em agosto de 2005. Estima-se que tenha amealhado ao longo da carreira cerca de 40  milhões de dólares em prêmios. Em 2016, por causa de doping, foi suspensa por dois anos.

sharapova-r1Títulos conquistados
2003 — Torneio de Tóquio (Japão)
2003 — Torneio de Quebec (Canadá)
2004 — Torneio de Birmigham (Inglaterra)
2004 — Torneio de Seul (Coreia do Sul)
2004 — Torneio de Tóquio (Japão)
2004 — Torneio de Wimbledon (Inglaterra)
2004 — WTA Championships (Estados Unidos)
2005 — Torneio de Birmigham (Inglaterra)
2005 — Torneio de Doha (Qatar)
2005 — Torneio de Tóquio (Japão)
2006 — Aberto dos Estados Unidos
2006 — Torneio de Indian Wells (Estados Unidos)
2006 — Torneio de Linz (Áustria)
2006 — Torneio de San Diego (Estados Unidos)
2006 — Torneio de Zurique (Suíça)
2007 — Torneio de San Diego (Estados Unidos)
sharapova-r22008 — Aberto da Austrália
2008 — Torneio de Amelia Island (Estados Unidos)
2008 — Torneio de Doha (Qatar)
2009 — Torneio de Tóquio (Japão)
2010 — Torneio de Estrasburgo (França)
2010 — Torneio de Memphis (Estados Unidos)
2011 — Torneio de Cincinnati (Estados Unidos)
2011 — Torneio de Roma (Itália)
2012 — Torneio de Roma (Itália)
2012 — Torneio de Stuttgart (Alemanha)
2012 — Torneio Roland Garros (França)
2013 — Torneio de Indian Wells (Estados Unidos)
2013 — Torneio de Stuttgart (Alemanha)
2014 — Torneio de Stuttgart (Alemanha)
2014 — Torneio de Madri (Espanha)
2014 — Torneio Roland Garros (França)
2014 — Torneio de Pequim (China)
2014 — Torneio de Brisbane (Austália)

maria-sharapova in1Linha de doces
21/08/2012 — A tenista russa Maria Sharapova lançou sua própria marca de doces nos Estados Unidos — a Sugarpova —, que está à venda em seu site por US$ 5,99 (R$ 12,10) cada caixa. Ela disse que criar Sugarpova foi um trabalho de amor. “É o projeto mais excitante que eu já fiz porque é o meu próprio negócio, meu próprio investimento, com o meu dinheiro”. A tenista, uma apaixonada por doces desde a infância, garantiu que as suas amigas sempre gostaram dos doces e chocolates que ela mesma costuma fazer em sua casa, o que lhe encorajou a lançar sua própria linha de balas e chicletes. Considerada pela revista Forbes a atleta mais bem paga do mundo com US$ 27,9 milhões (R$ 56,3 milhões) faturados em 2011, ela planeja vender as balas em lojas exclusivas e hotéis de todo o mundo.


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados