chuva negra p1Black Rain

19/03/2020 — O diretor Ridley Scott carimbou com seu estilo inconfundível o lançamento mais atraente do final de 1989. Com cenários nebulosos e esfumaçados, o filme “Chuva Negra” é 90% clima e 10% história, reafirmando o gênero que o diretor consagrou no ficção científica “Alien, O Oitavo Passageiro”. O trabalho não trata, como o título sugere, da chuva radiativa que caiu sobre o Japão com a explosão da bomba atômica. É, na verdade, um suspense policial que procura misturar a magia dos filmes em preto e branco americanos com a história dos yakuzas, como são chamados os mafiosos japoneses.

O argumento do filme é parecido com o do “Meu Nome É Coogan”, com o Clint Eastwood: um policial que aplica na grande cidade os métodos de trabalho do faroeste. Na trama, o personagem vivido pelo Michael Douglas tem a missão de escoltar um criminoso de alta periculosidade à cidade de Osaka. Mas os yakuzas conseguem resgatar o bandido, enquanto o policial vê o seu parceiro, vivido pelo Andy Garcia, ser assassinado. Com a missão frustrada, o personagem entra em conflito com a polícia japonesa. Assim, recorre aos criminosos para se vingar. O título, na análise dos críticos, funciona como metáfora, indicando a corrupção no Japão. O filme conheceu estrondoso sucesso mundial, com a arrecadação de US$ 134,2 milhões nas bilheterias.

Ficha Técnica
DIREÇÃO  Ridley Scott
ROTEIRISTA 1  Craig Bolotin
ROTEIRISTA 2  Warren Lewis
MÚSICA ORIGINAL  Hans Zimmer
FOTOGRAFIA  Jan de Bont
MONTAGEM  Tom Rolf
FIGURINOS  Ellen Mirojnick
DIREÇÃO DE ARTE  John Jay Moore

Elenco principal
MICHAEL DOUGLAS  Nick Conklin
ANDY GARCIA  Charlie Vincent
KEN NAKAMURA  Masahiro
KATE CAPSHAW  Joyce
YUSAKO MATSUDA  Sato
JOHN SPENCER  Oliver
LUÍS GUZMÁN  Frankie


 

 

Campeões de Bilheteria

UP TOGGLE DOWN

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados