a-lagoa-azul2Brooke Shields e A Lagoa Azul

22/04/2017 — O filme “A Lagoa Azul”, lançado em 1980, teve reclassificação de censura feita pelo Ministério da Justiça. Antes livre, a atração que lançou a então modelo Brooke Shields ao estrelato mundial, agora, só poderá ser visto por um público maior de 12 anos anos. De acordo com um processo finalizado pelo órgão responsável, o filme, embora editado, contém cenas indicativas de violência e de apelo sexual. A decisão foi motivada pela denúncia feita por um telespectador que assistiu ao filme na sessão da tarde da TV Globo. Na trama, dois adolescentes, após o naugráfio do navio, passam a viver numa ilha deserta do Oceano Pacífico. Com o passar do tempo — e sós —, vão descobrindo o valor da amizade e o amor. As cenas sexuais são apenas sugeridas, mas revelam a exuberante nudez da protagonista.

a-lagoa-azulA Lagoa Azul
No século XIX, dois jovens primos — Richard Lestrange e Emmeline — e um cozinheiro de galé, Paddy Button, sobrevivem a um naufrágio no Pacífico Sul e chegam a uma ilha tropical. O cozinheiro cuida das crianças pequenas e as proíbe de ir para o outro lado da ilha, devido a evidências de restos de sangue de sacrifícios humanos. Ele lhes fala sobre um bicho-papão que lá vive, com o objetivo de amendontrar as crianças. Também as adverte contra a ingestão de uma determinada flor baga escarlate (Solanum dulcamara), que é mortal. Paddy morre logo após. Agora sozinhas, as crianças vão para outra parte da ilha e reconstroem sua casa.

Os anos passam e os dois se tornam em adolescentes altos, fortes e bonitos. Vivem numa cabana, passando os dias juntos, pescando, nadando e mergulhando para colher pérolas numa linda lagoa azul. Richard e Emmeline começam a se apaixonar, embora isso seja estressante emocionalmente para eles por causa da falta de instrução na sexualidade humana. São incapazes de expressar a atração física que sentem um pelo outro. Emmeline se assusta depois que inicia a primeira menstruação. Richard tem muitas perguntas sobre o que está acontecendo com ela quando eles começam a crescer e a se desenvolver, mas não tem meios de obter respostas. Depois de muitos encontros e desencontros, os dois, finalmente, se deixam levar pelo amor.

Foi lançado nos cinemas dos Estados Unidos em junho de 1980, tornando-se um grande sucesso comercial, arrecadando mais de US$ 50 milhões, apesar das críticas mistas. No Brasil, o filme chegou aos cinemas em setembro do mesmo ano. Até hoje, porém, o longa-metragem é mais lembrado pelos brasileiros pelo fato de ter sido exaustivamente reprisado durante anos na tevê pela Sessão da Tarde, na Rede Globo, e pelo Cinema em Casa, no SBT. Serviu, na época, como ponto de apoio para alavancar a carreira internacional da Brooke Shields, uma modelo que, até então, tinha feito apenas pequenos papéis em filmes, como o “Comunhão”, de 1976, “A Princesa do Central Park“, de 1977, “Rei dos Ciganos”, de 1978, e “Somente Eu e Você”, de 1979.

randal-kleiser1Ficha Técnica
ORIGEM: Estados Unidos
ANO DE LANÇAMENTO: 1980
TÍTULO ORIGINAL: The Blue Lagoon
DURAÇÃO: 1 hora e 44 minutos
DIREÇÃO: Randal Kleiser
ROTEIRO: Douglas Day Stewart
PRODUTOR: Richard Franklin
MÚSICA ORIGINAL: Basil Poledouris
FOTOGRAFIA: Néstor Almendros
MONTAGEM: Robert Gordon
DIREÇÃO DE ARTE: Jon Dowding
FIGURINOS: Jean-Pierre Dorléac
EFEITOS ESPEICIAIS: Chuck E. Stewart


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados