poster1Iris

O filme “Iris” foi lançado mundialmente no dia 17 de maio de 2002. Dirigido pelo cineasta inglês Richard Eyre, fez US$ 16,1 milhões na bilheteria mundial. É baseado no livro “Elegy For Iris”, escrito pelo John Bayley, marido da célebre escritora inglesa Iris Murdoch. A história tem início nos tempos em que a Iris, vivida na juventude pela atriz Kate Winslet, era professora na Universidade de Oxford, na década de 1950. O temperamento e a conduta dela eram considerados “libertinos” para os padrões da época. A escritora sempre se mostrou uma mulher à frente do seu tempo. Era conhecida e admirada pelo intenso amor à vida, sentimento que trazia com clareza em suas obras.

Talvez por isso, ela tenha agido tão bravamente quando descobriu que sofria do Mal de Alzheimer. A luta contra a doença durou quatro décadas. Ao longo desses quarenta anos, porém, ela não esteve sozinha. Contou com um homem sempre ao seu lado, que acompanhava cada um dos seus passos. Esse homem a compreendia e a admirava desde quando se conheceram na universidade: o marido John Bailey. Vivido pelo ator Jim Broadbent, o Bailey foi a alma gêmea da Iris até o último suspiro dela. Embora não tenha feito grande carreira nos cinemas, o filme teve uma aceitação muito boa entre os críticos. Ganhou o Oscar de 2002 na categoria “ator coadjuvante” (Jim Broadbent). Também foi indicado para as categorias de “melhor atriz” (Judi Dench), “melhor atriz coadjuvante” (Kate Winslet).


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados