Sergei Bulgakov
sergei bulgakov1sergei bulgakov2

SERGEI NIKOLAEVICH BULGAKOV nasceu no dia 28 de junho de 1871, na cidade de Livny, Oriol Oblast, Rússia. Morreu no dia 12 de julho de 1944, na cidade de Paris, França. Filósofo, teólogo e economista. Fez os primeiros estudos na cidade natal. Após uma crise religiosa, abandonou os estudos teológicos. Ingressou, posteriormente, na Faculdade de Direito de Moscou, consagrando seu tempo aos estudos econômicos e sociais. Procurou, através de uma tese escrita em 1900, demonstrar a impossibilidade da aplicação das teorias marxistas à agricultura. Uma nova crise espiritual o levou a se reconciliar com a religião. Escreveu, então, aquela que seria, na opinião da crítica especializada, a sua obra fundamental, intitulada “A Luz Não-Crepuscular”.

Na sequência, ordenou-se padre da Igreja Ortodoxa Russa. Por causa das suas ideias, foi banido da então União Soviética em 1923. Mudou-se então para a Tchecoslováquia, após conseguir uma cadeira de teologia e direito canônico na Universidade de Praga. Em 1925, porém, estava na França para fundar, na cidade de Paris, o Instituto de Teologia Ortodoxa. Estabelecido na capital francesa, publicou diversas obras, dentre as quais se destacam “A Sarça Ardente”, “O Amigo do Esposo” e “A Escada de Jó”, todas com grande sucesso junto ao público. Credita-se, ainda, a ele o desenvolvimento do conceito da sofiologia, relativo à sabedoria de Deus, assunto discutido na tradição mitológica grega e no platonismo. Segundo ele, a “Sofia” (sabedoria) seria a realidade intermediária entre Deus e a criatura.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados