Colômbia 1 x 2 Japão
20180619 copa colombia

19/06/2018 — Considerada uma “barbada” no Grupo H, a seleção da Colômbia comeu o pão que o diabo amassou diante da seleção do Japão. Perdeu por um a dois, mas foi melhor em campo. Sucumbiu porque jogou com um atleta de menos desde o primeiro minuto do jogo, quando o volante Carlos Sánchez se tornou o primeiro a tomar o cartão vermelho na Copa da Rússia. Num ataque japonês, ante a iminência da entrada da bola nas redes colombianas, ele cortou com o braço. O árbitro esloveno Damir Skomina não teve dúvidas: pênalti e cartão vermelho. Assim, o primeiro gol japonês foi marcado pelo atacante Shinji Kagawa. Os colombianos empataram aos 38 minutos, de falta, através do meia Juan Quintero. No segundo tempo, exaustos, não puderam aguentar a pressão japonesa. O atacante Yuya Osako marcou o gol da vitória aos 72 minutos.

niang 20180619 poloniaPolônia 1 x 2 Senegal
19/06/2018 — A seleção da Polônia, bastante festejada pela imprensa europeia, não conseguiu impor o seu jogo à seleção do Senegal, representante da África Negra. Os felinos africanos foram com tudo pra cima dos poloneses e ganharam a partida por dois a um. O primeiro gol senegalês foi marcado contra pelo zagueiro Thiago Cionek, brasileiro naturalizado polonês, aos 37 minutos. No segundo tempo, aos 60 minutos, o atacante M'Baye Niang ampliou. A Polônia fez o gol de honra aos 85 minutos, sem tempo, ao menos, para tentar o empate. Com a vitória, o Senegal assumiu a vice-liderança do grupo, com três pontos. É a mesma pontuação do Japão, que ganhou, pelo mesmo placar, da Colômbia. Os senegaleses, entretanto, perdem para os japoneses no critério do cartão amarelo.


 

2018060618 copa panamaBélgica 3 x 0 Panamá

18/06/2018 — A seleção da Bélgica, considerada a “sensação” da Copa da Rússia, por causa do desempenho nas eliminatórias europeias, impôs três a zero à seleção do Panamá. Os três gols, todos marcados no segundo tempo, foram anotados pelos atacantes Dries Mertens, da Sociedade Esportiva Nápoli, da Itália, aos 47 minutos, e Romelu Lukaku, do Manchester United, da Inglaterra, aos 69 e 75. Tá certo que os panamenhos, que estão debutando em copas, são considerados pelos críticos uma “galinha morta”. Mas os belgas mostraram, sim, terem condições de avançar muito na competição. Esta é a décima segunda participação da Bélgica. A primeira vez foi em 1930. O melhor resultado histórico aconteceu em 1982, na Espanha, quando chegou à semifinal.

lukako 20180618 panamaO Artilheiro
18/06/2018 — ROMELU MENAMA LUKAKU BOLINGOLI nasceu no dia 13 de maio de 1993, na cidade de Antuérpia. Afrodescendente, natural do Congo, uma colônia belga, começou a jogar em 1999, no Rupel Boom Clube, da cidade de Boom. Em 2006, transferiu-se para o Real Clube Anderlecht, o maior time do seu país, onde se profissionalizou em 2009. Passou pelo Chelsea Futebol Clube e pelo Everton de Liverpool até chegar, em 2017, ao Manchester United, todos da Inglaterra, destacando-se como um dos melhores jogadores da equipe na temporada. Canhoto, chegou à seleção belga em 2010, pela qual já disputou 71 jogos e marcou 39 gols. Em clubes, disputou 181 partidas oficiais e marcou 172 gols.

harry kane 20180618 tunisiaTunísia 1 x 2 Inglaterra
18/06/2018 — Foi um sufoco, mas a seleção da Inglaterra ganhou bem da seleção da Tunísia por dois a um. Os gols ingleses foram marcados pelo centroavante Harry Kane, aos 11 e aos 90+1. O jogador mostrou raro oportunismo dentro da área e salvou a equipe de um empate constrangedor diante de uma equipe sem tradição no futebol mundial. O gol tunisiano foi anotado pelo zagueiro Ferjani Sassi, aos 35 minutos. Esta é a décima quarta participação da seleção inglesa em copas do mundo. Estreou em 1950. O melhor desempenho aconteceu em 1966. Como anfitriã, foi a campeã do torneio, derrotando, na final, a Alemanha, por quatro a dois. Em 2014, no Brasil, não passou da primeira fase. Agora, com três pontos, ocupa a vice-liderança do Grupo G. É a mesma pontuação da Bélgica, mas perde no saldo de gols.


 

koralov 20180617 costa rica1Costa Rica 0 x 1 Sérvia

17/06/2018 — A seleção da Sérvia, para muitos a principal adversária da seleção brasileira no Grupo E da Copa do Mundo, venceu, na cidade de Samara, a representação da Costa Rica, por um a zero. O gol dos guerreiros balcânicos foi marcado pelo lateral Aleksandar Kolarov, aos 56 minutos, numa perfeita cobrança de falta. O placar poderia ter sido maior, não fosse a estupenda atuação do goleiro costarriquenho Keylor Navas, do Real Madrid. Com a vitória, os sérvios assumiram o primeiro lugar do grupo, com três pontos. Foram beneficiados pelo empate de um a um entre as seleções do Brasil e da Suíça. Quanto ao artilheiro do jogo, Koralov, ele é jogador da Associação Esportiva Roma, da Itália. Tem 32 anos. Fez 73 partidas pela seleção e marcou dez gols.

philippe coutinho 20180617 suica1Brasil 1 x 1 Suíça
17/06/2018 — A estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo foi decepcionante. A equipe não passou de um empate em um a um com a seleção da Suíça, na cidade de Rostóv. O gol do Brasil foi marcado pelo meia-atacante Philippe Coutinho, aos 19 minutos. O empate suíço teve como autor o centroavante Steven Zuber, aos 49 minutos. Entre os brasileiros, houve uma gritaria geral, pois, no entendimento, o suíço teria empurrado o zagueiro João Miranda, beneficiando-se do fato para cabecear para as redes. Noutro lance, o Gabriel Jesus teria sofrido pênalti. O árbitro César Ramos, do México, não aceitou as sugestões para consultar o árbitro de vídeo. O fato é que a seleção brasileira teve muitas dificuldades para jogar. Foi parada pela incrível disposição tática da equipe suíça. O próximo adversário será contra a Costa Rica, na sexta-feira (22).

20180618Personagem do jogo
CESAR ARTURO RAMOS PALAZUELOS, árbitro de futebol, nascido no dia 05 de dezembro de 1983, na cidade de Culiacán, Estado de Sinaloa, México. Estreou na carreira no dia 28 de outubro de 2006, numa partida da segunda divisão da liga mexicana. Chegou aos jogos da primeira divisão em janeiro de 2011. Chamou a atenção dos coordenadores da Federação Internacional em jogos da Confederação da América do Norte, Central e Caribe (Concacaf). Assim, em 2017, foi escalado para a Copa do Mundo de Clubes. Arbitrou duas partidas, sendo uma delas a final entre o Real Madrid e o Grêmio, com vitória do time espanhol por um a zero. No jogo entre o Brasil e a Suíça foi bastante contestado por não ter utilizado o recurso do árbitro de vídeo para dirimir dúvidas sobre dois lances capitais.


 

granqvist coreia1Suécia 1 x 0 Coreia do Sul

18/06/2018 — Ao vencer a seleção da Coreia do Sul por um a zero, na cidade de Nizhny Novgorod, a seleção da Suécia assumiu a liderança do Grupo F da Copa da Rússia. É a mesma pontuação do México, mas os suecos levam vantagem no quesito dos cartões amarelos. Os mexicanos têm duas advertências e os escandinavos, apenas uma. No jogo contra os coreanos, o gol sueco foi marcado pelo zagueiro Andreas Granqvist, de pênalti, aos 64 minutos. A seleção sueca se apresenta na copa sem o seu melhor jogador, Ibrahim Ibrahimovic. Embora ele esteja em condições de jogo, não foi convocado por ter se recusado a participar da fase eliminatória. A Suécia estreou na Copa do Mundo em 1934. São doze participações. A melhor posição foi o vice-campeonato em 1958, quando perdeu a final para a seleção do Brasil.

lozano copa alemanha1Alemanha 0 x 1 México
17/06/2018 — Na maior surpresa da Copa do Mundo da Rússia até agora, a seleção do México venceu a seleção da Alemanha por um a zero. O gol mexicano foi marcado pelo meia-atacante Hirving Lozano, aos trinta e quatro minutos. Embora tivessem todo o segundo tempo para empatar e até virar, os alemães não conseguiram suplantar o fôlego da equipe norte-americana. A maioria da crítica esportiva considerou o resultado uma “zebra”, mas o fato é que a representação mexicana jogou com muita técnica e determinação. O resultado colocou o México com um pé nas oitavas de final. Poderá carimbar a classificação contra a Coreia do Sul, no sábado (23). Os mexicanos participaram de quinze mundiais. Em 2014, no Brasil, chegou às oitavas de final, sendo, na fase, eliminada pela seleção da Holanda.

grupo f classificacao


grupo d classificacao20180616 copa nigeria1Croácia 2 x 0 Nigéria

16/06/2018 — Valendo-se da sua maior experiência, a seleção da Croácia não teve muitas dificuldades para derrotar a jovem seleção da Nigéria por dois a um. Com jogadores consagrados, entre eles os meias Ivan Rakitić, do Barcelona, e  Luka Modrić, do Real Madrid, o conjunto dos balcãs controlou o jogo do início ao fim. O primeiro gol saiu aos 32 minutos, numa infelicidade do zagueiro nigeriano Troost-Ekong, que marcou contra. No segundo tempo, aos 71 minutos, o Modric ampliou. O resultado deixou a Croácia bastante confortável no Grupo D. Assumiu a liderança, com três pontos, à frente da Argentina e da Islândia, cada uma com um ponto. O próximo compromisso será contra a Argentina, na quinta-feira (21).

Argentina 1 x 1 Islândia
16/06/2018 — A seleção da Argentina não estreou bem na Copa do Mundo da Rússia. Apenas empatou com a seleção da Islândia, sem nenhuma tradição futebolística, em um a um. Complica, assim, sua posição no Grupo D. O gol argentino foi marcado pelo atacante Sergio Aguero, do Manchester City, aos 19 minutos. Não deu tempo nem para comemorar, pois, aos 23, o atacante islandês Alfreð Finnbogason empatou, aproveitando uma cochilada da defesa portenha. Depois disso, os argentinos encontraram muitas dificuldades para furar a muralha do adversário. A única  bobeada da Islândia aconteceu aos 64 minutos, com um pênalti em cima do atacante Maximiliano Meza. Não adiantou nada. O Lionel Messi, que esteve apagado no jogo, bateu muito mal, facilitando a defesa do goleiro adversário. A Argentina voltará ao campo na quinta-feira (21). Vai pegar a seleção da Croácia.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados