Mano

01/12/2019 — Contra o Flamengo, o técnico Mano Menezes amargou a quarta derrora no Campeonato Brasileiro. A primeira aconteceu na vigésima quarta rodada, no dia nove de outubro, para o Santos, na Vila Belmiro, a segunda, em casa, para o Grêmio, no dia 24 de novembro, e a terceira para o Fluminense, no Rio de Janeiro, no dia 28 de novembro. Desta vez, mesmo jogando em casa, o alviverde sucumbiu diante dos flamenguistas: um a três. Por isso — e pelo conjunto da obra — o técnico perdeu o cargo depois de dezoito partidas à frente da equipe.Além das quatro derrotas, o Mano Menezes colheu quatro empates contra o Internacional, o Athletico Paranaense, o Atlético Mineiro e o Corinthians. Desde que assumiu o cargo, foram dez vitórias: Goiás, Cruzeiro, Fortaleza, CSA, Botafogo, Chapecoense, Avaí, São Paulo, Ceará e Vasco da Gama, aproveitamento de 62,9%.

20181017 copa do brasilMano
LUIZ ANTÔNIO VENKER MENEZES nasceu no dia 11 de junho de 1962, na cidade de Passo do Sobrado, Estado do Rio Grande do Sul. Começou a carreira como jogador nas categorias de base do Guarani, da cidade de Rosário (RS). Entretanto, não seguiu a carreira de atleta. Preferiu se dedicar ao curso de Educação Física na Universidade de Santa Cruz do Sul. Formado, passou a dar aulas numa unidade do Serviço Social da Indústria do seu estado. Como treinador, começou a carreira em 1997, no Guarani de Rosário, o mesmo clube que o revelara como jogador. Passou por vários clubes de menor expressão até chegar, em 2005, ao Grêmio Porto-Alegrense.

A situação do clube era delicada, pois tinha caído para a Série B do Campeonato Brasileiro. Ao ascender o tricolor gaúcho novamente para a Série A, conseguiu o primeiro título importante da carreira. Também ganhou o campeonato gaúcho em 2006 e 2007. Com a fama nacional consolidada, foi chamado, em 2008, para tirar o Corinthians da Série B. Além de conseguir o objetivo, ainda ganhou com o alvinegro o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil em 2009. Esse desempenho o levou ao cargo de técnico da seleção brasileira, função que ocupou entre 2010 e 2012. Foi afastado após perder a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres. Depois de passar pelo Flamengo em 2013 e pelo Corinthians em 2014, chegou ao Cruzeiro em 2015. Com o clube mineiro, faturou a Copa do Brasil em 2017 e 2018.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados