Cargos Sem Relevância

09/01/2018 — O presidente Michel Temer assinou decreto que extingue 60,9 mil cargos efetivos vagos ou que ficarão vagos na administração pública federal direta, autárquica e fundacional. O ato oficial também veda a abertura de concurso público para determinadas funções. No caso de concursos em andamento, a medida barra vagas além das previstas nos editais. Os órgãos e entidades públicas terão até 19 de fevereiro para informar ao Ministério do Planejamento sobre os concursos abertos que envolvem os cargos englobados pelo decreto do governo federal. Na relação de cargos afetados constam funções como “operador de caldeira”, “tratorista”, “datilógrafo”, “editor de vídeo tape”, “digitador”, “operador de máquina copiadora”, “inspetor de café” e “classificador de cacau”. De acordo com dados do Ministério do Trabalho, a União tinha registrados em 2017 cerca de 850 mil servidores públicos, sem contar os comissionados.

Desde fevereiro de 2017, o Governo Federal conta com 28 pastas ministeriais, sendo 22 ministérios, duas secretarias e quatro órgãos equivalentes. Cada ministério é responsável por uma área específica e é liderado por um ministro. O titular da pasta é escolhido pelo Presidente da República. Os ministros auxiliam o presidente no exercício do Poder Executivo. Elaboram normas, acompanham e avaliam os programas federais, formulam e implementam as políticas para os setores que representam. São encarregados, ainda, de estabelecer estratégias, diretrizes e prioridades na aplicação dos recursos públicos. Dentre os ministérios e respectivas autarquias, o mais antigo é o Ministério da Justiça, criado em 3 de julho de 1822, pelo príncipe regente D. Pedro, com nome de Secretaria de Estado de Negócios da Justiça.

Ministérios/Ministros
AGRICULTURA E ABASTECIMENTO  Brairo Maggi  PP
CIDADES  Alexandre Baldy  PP
CIÊNCIA E TECNOLOGIA  Gilberto Kassab  PSD
CULTURA  Sérgio Sá Leitão  sem partido
DEFESA  Raul Jungmann  PPS
DESENVOLVIMENTO SOCIAL  Osmar Terra  PMDB
DIREITOS HUMANOS  Luislinda Valois  sem partido
EDUCAÇÃO  Mendonça Filho  DEM
ESPORTE  Leonardo Picciani  PMDB
FAZENDA  Henrique Meirelles  PSD
INDÚSTRIA E COMÉRCIO  Marcos Pereira  PRB
INTEGRAÇÃO NACIONAL  Helder Barbalho  PMDB
JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA  Torquato Jardim  sem partido
MEIO AMBIENTE  Sarney Filho  PV
MINAS E ENERGIA  Fernando Coelho Filho  PSB
PLANEJAMENTO E GESTÃO  Dyogo Oliveira  sem partido
RELAÇÕES EXTERIORES  Aloysio Nunes Filho  PSDB
SAÚDE  Ricardo Barros  PP
TRABALHO  Cristiane Brasil  PTB
TRANSPARÊNCIA E FISCALIZAÇÃO  Wagner Rosário  PMDB
TRANSPORTES E AVIAÇÃO CIVIL  Maurício Quintella Lessa  PR
TURISMO  Marx Beltrão  PMDB


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados