Previdência & Reajsute

22/01/2019 — Os segurados da Previdência Social que recebem acima do salário mínimo terão os benefícios reajustados em 3,43%, conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor. O índice foi oficializado através de portaria do Ministério da Economia. O reajuste é retroativo ao dia 01 de janeiro. O teto dos benefícios pagos pelo INSS passoua ser de R$ 5.839,45 em contraposição aos R$ 5.645,80 de antes. As faixas de contribuição dos trabalhadores empregados, domésticos e trabalhadores avulsos também foram atualizadas com alíquotas de 8,0% para aqueles que ganham até R$ 1.751,81; de 9,0% para quem ganha entre R$ 1.751,82 e R$ 2.919,72; e de 11,0% para os que ganham entre R$ 2.919,73 e R$ 5.839,45. Ainda de acordo com a portaria, o auxílio-reclusão para dependentes de segurados presos terá como limite R$ 1.364,43.

embarque onibus1Passagens Estaduais
31/12/2018 — Em 2019, todas as empresas concessionárias de transporte estaduais e interestaduais deverão implantar a passagem digital, denominado BP-e pelo Conselho Nacional de Política Fazendária do Ministério da Fazenda. Essa obrigatoriedade entraria em vigor nesta terça-feira, primeiro dia do ano, mas o prazo foi prorrogado para o dia 01 de julho. As empresas alegaram ao governo que não tiveram tempo para a adaptação, embora a primeira portaria do Confaz tenha sido publicada no final de 2017. A obrigatoriedade estende-se às empresas de transporte. A implantação do bilhete eletrônico, além de facilitar a vida dos passageiros, também objetiva evitar fraudes no recolhimento do Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços.

cafe colheitaO Café No Brasil

19/12/2018 — A produção de café na safra de 2018 é de 61,7 milhões de sacas beneficiadas, com crescimento de 37% em relação ao ano anterior. É a maior colheita registrada na série histórica do grão, superando em cerca de dez milhões de sacas o melhor desempenho já registrado, fato ocorrido em 2016. O dado consta do 4.º Levantamento da Safra 2018, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento. Segundo a CONAB, A quantidade total engloba o café arábica e o conilon. Os números confirmam o Brasil na posição de maior produtor do mundo. A área total, que engloba os cafezais em formação e em produção em todo o país, ficou em 2,16 milhões de hectares, o que representa queda de 2,2% na comparação com a safra anterior. Minas Gerais lidera o ranking dos estados produtores.

Aposentados & Reajuste

10/12/2018 — Os aposentados e os pensionistas que recebem mais de um salário mínimo terão reajuste de 2,07%, informou o Ministério da Fazenda. O reajuste atende à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor em 2017, anunciado IBGE. O índice, que mede a variação de preços para famílias que ganham de um a cinco salários mínimos, registrou variação menor que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, que fechou o ano passado em 2,95%. Com o reajuste, o teto das aposentadorias passará de R$ 5.645,80 para R$ 5.832,21. Quem ganha R$ 1.200,00 passará a receber R$ 1.239,60, quem recebe R$ 1.500,00 chegará a R$ 1.549,50, um benefício de R$ 2 mil subirá para R$ 2.066 e quem recebe R$ 3 mil vai sacar R$ 3.099.

carteira trabalho2Correios & Trabalho
04/12/2018 — O Ministério do Trabalho, que, no Governo Bolsonaro, se desdobrará em três secretarias especiais, começou o processo de descentralização da emissão da Carteira Profissional. Essa descentralização, se tudo der certo, acontecerá através da Empresa de Correios. O projeto-piloto começou esta semana nas agências das cidades de Presidente Prudente e São Bernardo do Campo. Após a conclusão dessa fase inicial, será avaliada a possibilidade de extensão do acordo para todo o país. A iniciativa decorre do fato de que a empresa de Correios está presente em todos os municípios do Brasil (5.570), com mais de sete mil agências. Na Carteira Profissional são registrados todos eventos ocorrentes nas relações de trabalho da pessoa com as empresas empregadoras.

mel1Mel & Arábia
21/11/2018 — O Ministério da Agricultura recebeu comunicado de que as autoridades sauditas aprovaram o modelo de Certificado Sanitário Internacional  para a exportação de produtos apícolas. Agora, as autoridades brasileiras vai enviar a lista de estabelecimentos brasileiros que desejam exportar  mel, propólis, cera para aquele país, de acordo com as exigências do certificado assinado. As importações mundiais de produtos derivados das abelhas totalizaram US$ 1,92 bilhão em 2017. Com exportações de US$ 128,1 milhões no ano passado, o Brasil alcançou participação de 6,7% nesse segmento do mercado global. A Arábia Saudita importou US$ 66,44 milhões desses produtos em 2017. Com a abertura de mais esse mercado, a estimativa os apicultores brasileiros é exportar US$ 4,43 milhões.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados