pnad continua maio18Desemprego

03/05/2020 — A taxa de desemprego no trimestre móvel encerrado em março de 2020 cresceu 1,3% em relação ao trimestre de outubro a dezembro de 2019, segundo a Pesquisa Por Amostra de Domicílio, publicada pelo IBGE. De 10,9%, subiu para 12,2%. Na comparação com o mesmo trimestre do ano passado (12,7%), a taxa caiu 0,5%. Em números objetivos, a PNAD Contínua informa que são 12,9 milhões de pessoas desempregadas no país. Por outro lado, a população empregada é de 92,2 milhões de pessoas, queda de 2,5% em relação ao trimestre anterior. A taxa de trabalhadores informais atingiu 39,9% da população empregada, um contingente de 36,8 milhões. O rendimento médio real habitual, de R$ 2.398,00 no trimestre móvel terminado em março ficou estável nas duas comparações.

PNAD Contínua

A Pnad Contínua objetiva acompanhar as flutuações trimestrais e a evolução, no curto, médio e longo prazos, da força de trabalho, e outras informações necessárias para o estudo do desenvolvimento socioeconômico do país. Para atender a tais objetivos, a pesquisa foi planejada para produzir indicadores trimestrais sobre a força de trabalho e indicadores anuais sobre temas suplementares permanentes. Envolve o trabalho formal e outras formas de trabalho, os cuidados de pessoas e afazeres domésticos, a tecnologia da informação e da comunicação, eetc. Esses temas são investigados num trimestre específico ou aplicados numa parte da amostra a cada trimestre e acumulados para gerar resultados anuais. Também são produzidos, com periodicidade variável, indicadores sobre outros temas suplementares. A pesquisa em como unidade de investigação o domicílio. A PNAD Contínua foi implantada, experimentalmente, em outubro de 2011 e, a partir de janeiro de 2012, tomou caráter definitivo em todo o território nacional.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados