dicionario-de-mitologia1

Aletes
Filho do Hipotes e descendente do Héracles (Hércules para os romanos). Nasceu durante a migração dos Heráclidas, donde o nome “Aletes”, que significa “o errante”. Planejando conquistar a cidade de Corinto, consultou o oráculo de Dodona. Este lhe assegurou a vitória, desde que lhe entregasse um torrão da terra a ser conquistada e atacasse a cidade “num dia em que todos usassem coroas”. Ou seja, num dia de festa. Cumpriu regiamente as exigências do oráculo. Auxiliado pela filha do rei Creonte, alcançou o objetivo, reinando entre 1100 a 1067 antes do Cristo. A seguir, partiu para uma expedição contra a cidade de Atenas. Ainda segundo o oráculo, sair-se-ia vitorioso se poupasse a vida do rei ateniense. Sabedores da profecia, os habitantes da cidade solicitaram ao Codro, seu idoso soberano, que se sacrificasse por eles. O rei assim fez, frustrando os planos do Aletes de tomar a cidade.

Alectrião
Guardião dos amores do deus da guerra Ares (Marte para os romanos) e da deusa do amor Afrodite (Vênus para os romanos). Tinha, por incumbência, despertar o casal antes do nascer do Hélius (Sol para os romanos). Um dia, porém, dormiu no seu posto. Sem vigia, o Hélius surpreendeu os amantes e avisou o Hefesto, deus marido da deusa. O deus do fogo aprisionou o casal numa rede de finíssimos fios de ouro. Em seguida, chamou os demais deuses para testemunharem a infidelidade da esposa. Enfurecido, o Ares transformou o guardião em galo, com a função de anunciar todos os dias o despontar do sol. Clique AQUI.

Alecto
Uma das três Fúrias, filha do Aqueronte e da Noite. Acompanhada da irmã Megera, vagava pelo Tártaro, fustigando os criminosos com víboras e tochas.


 

 

 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados