ADAMASTOR — Um dos Gigantes que pretenderam destronar o Zeus (Júpiter para os romanos). Foi vencido pelo deus supremo. Morto, foi sepultado sob um monte.

ADÉFAGO — Epíteto do Héracles (Hércules para os romanos). Significa “voraz” ou “insaciável”. Esse epíteto se deve à vitória do herói numa aposta feita com Lépreas, neto do deus Poseidon (Netuno para os romanos), para ver quem seria capaz de comer um boi inteiro.

ADMETO — Filho do rei Feres, participou da caça ao javali de Calidão e da expedição dos argonautas. Clique AQUI.
ADÔNIS — Considerado o deus mais belo. Clique AQUI.
ADASTREIA — Deusa da vingança, filha do deus supremo Zeus (Júpiter para os romanos). Seu nome significa “aquela de quem não se pode escapar”.

ADRASTO — Rei de Argos, cidade da Península do Peloponeso. Clique AQUI.
AÉDON — Filha do Pandareu. Casou-se com o Politecne, um artista de Cólofon. Eles viveram felizes até o dia em que se gabaram de se amarem mais que o Zeus e a Hera. A deusa ficou irritada e encarregou a Discódia para desuní-los. Esta despertou no esposo o amor pela cunhada Quelidônia, seguindo-se o desejo de eliminar a esposa. Mas, quando o artista estava quase ao ponto de cometer o crime, o Zeus interveio e transformou toda a família em pássaros.

AÉDONA — Mulher do Zeto, filho do Zeus. Invejosa da grande prole da sua cunhada, Níobe, decidiu matar o sobrinho mais velho. Mas acabou matando o seu único filho, Ítilo. Ao perceber o engano, chorou tanto que os deuses a transformaram num pássaro. Noutra tradição, defendida pelo poeta Homero, ela se opunha ao culto do deus Dioniso. Este a teria enlouquecido, redundando no assassínio do próprio filho. Em seguida, foi arrebatada pelas Hárpias, que a entregaram às Fúrias. Os deuses, então, compadeceram-se e a transformaram num rouxinol.

AELO — Uma das três Hárpias. Fugindo da perseguição do Zetes e do Calais, filhos do deus dos ventos Bóreas, afogou-se no Rio Níger. A partir de então,  tomou o nome de Hárpis.

AEROPA — Filha do Catreu, rei da cidade de Creta. Casou-se com o Plístenes, príncipe da cidade de Micenas, com quem teve dois filhos: Agamenon e Menelau. O primeiro foi rei de Micenas e o segundo, de Esparta. Após a morte do marido, casou-se com o cunhado Atreu. Morreu durante a luta entre este e o seu outro cunhado, Tiestes.


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados