banner-topo

Renata Fan, a bela ex-Miss Brasil que entende tudo de futebol

renata-fan1Renata Fan: de miss a jornalista

Renata Bonfiglio nasceu no dia 5 de julho de 1977, na cidade de Santo Ângelo, Rio Grande do Sul.

Começou a carreira como modelo ao ser eleita Miss Rio Grande do Sul em 1999 e, depois, no mesmo ano, Miss Brasil. No Miss Universo classificou-se no 12.º lugar. Em 2000, foi eleita Miss Mundo Universitária, num concurso realizado em Seul, Coreia do Sul. Formou-se em Direito no Instituto de Ensino Superior da sua cidade natal e em Jornalismo nas Faculdades Integradas Alcântara Machado, de São Paulo. Trabalhou como locutora, durante três anos, na afiliada da Rádio Transamérica FM, em Santo Ângelo. Já na RBS TV, foi responsável pela agenda cultural do programa “Tele Domingo”.

renata-fan2Estreou na Rede Record em 13 de julho de 2003 como assistente de Milton Neves no programa esportivo “Terceiro Tempo”, exibido aos domingos. Logo depois, assumiu esse posto também no “Debate Bola”. É conhecida pelo epíteto de “o furacão colorado”, apelido dado por ela ser torcedora do Internacional de Porto Alegre. Em janeiro de 2007, assinou contrato com a Rede Bandeirantes para apresentar o programa “Jogo Aberto”. A atração foi ao ar a partir do dia 5 de fevereiro de 2007. Com seu novo programa, disputou a audiência com odo ex-mentor Milton Neves. Também é radialista: faz uma pequena apresentação, chamada de “A Bela e a Bola”, no programa Globo Esportivo, da Rádio Globo.

Para conquistar o público do segmento futebolístico, declarou à revista Corpo (maio de 2010) que estuda muito. Assiste a cerca de dez jogos por semana entre campeonatos regionais, nacionais e estrangeiros. Acorda às seis horas da manhã e liga a televisão. Depois de ver as notícias do dia sobre futebol, vai para a televisão, onde participa da pauta do programa “Jogo Aberto”, levado ao ar diariamente a partir das 11h10. Além de apresentar as notícias esportivas do dia, recebe convidados numa mesa-redonda, comenta os principais jogos da rodada, faz um balanço dos resultados, dá atenção à situação dos campeonatos e mostra lances polêmicos. O seu histórico confirma: é uma das poucas mulheres do Brasil que realmente entende de futebol.


 


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados