banner-topo

Edmundo Bittencourt foi censurado pelos governos do início da república

edmundo-bittencourt ft1Edmundo Bittencourt

Nasceu no dia 5 de fevereiro de 1866, na cidade de Santa Maria, Rio Grande do Sul. Morreu no dia 16 de outubro de 1946, na cidade do Rio de Janeiro. Iniciou a carreira jornalística no jornal “A Reforma”, fundado na cidade de Porto Alegre. Depois de passar por São Paulo, transferiu-se para o Rio de Janeiro para dar prosseguimento aos seus estudos de direito.

Em 1898, Ruy Barbosa e Carlos Bandeira o convidaram para secretariar o jornal “A Imprensa”, que acabavam de fundar. O jornal foi fechado em 1900 por causa da sua linha de oposição ao governo. No ano seguinte, comprou o acervo da empresa e deu início ao jornal “Correio da Manhã”, continuando a campanha que provocara o fechamento do jornal anterior.

Fundado num momento de arrocho financeiro do então presidente Campos Salles, que não encontrava oposição nos demais órgãos de imprensa, o novo diário logo se impôs ao público, obtendo grande prestígio. Esse posicionamento oposicionista continuou durante o governo do presidente Artur Bernardes. Em 1906, por causa das críticas que desferia contra os políticos ligados ao governo, bateu-se em duelo com o poderoso senador Pinheiro Machado. Nesse período, o seu jornal foi proibido de circular por oito meses.



© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados