banner-topo

Michel Laurence, o jornalista esportivo que ajudou a fundar a revista Placar

michel-laurence ft1Michel Laurence

Nasceu no dia 5 de setembro de 1938, na cidade de Marselha, Provença, França. Morreu no dia 25 de outubro de 1914, na cidade de São Paulo. Teve de se refugiar em Paris quase logo ao nasceu por causa da eclosão da Segunda Guerra Mundial. Quando tinha 12 anos, seu pai — Albert Laurence — veio ao Brasil para cobrir a Copa do Mundo de 1950. Depois do evento, a família resolveu ficar por aqui. Albert virou editor de esportes do jornal Última Hora. Em 1959, enfrentou uma crise de repórteres e resolveu chamar o próprio filho, então com 21 anos, para entrevistar o Pelé, saído da Copa de 1958 como “rei” do futebol.

michel-laurence ft2O jovem Michel várias reportagens com o Pelé. Construiu com o jogador uma amizade que duraria para o resto da vida. Obviamente, virou santista. Em 1970, foi um dos fundadores da revista Placar, que se tornaria no futuro a principal publicação esportiva do país. No mesmo ano, criou a bola de prata. Em 1972, representando a revista, cobriu os Jogos Olímpicos de Munique. Escreveu na época um dos textos mais contundentes do evento, a partir do massacre da delegação israelense por terroristas palestinos. Em 2014, aos 76 anos, ainda trabalhava ativamente na TV Cultura de São Paulo, quando caiu e fraturou o braço esquerdo. Hospitalizado para fazer uma cirurgia para reparar o “pequeno inconveniente”, foi acometido de uma surpreendente infecção generalizada.



© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados