Nani & Playboy 

02/01/2018 — A Playboy de janeiro de 1989 — edição número 162 — trouxe na capa a musa do verão daquele ano, a modelo Nani Venâncio. Ela havia sido descoberta pelo empresário da noite Chico Recarey, conquistado as praias cariocas e, depois, o coração do príncipe Felipe, da Espanha. Havia também sido reverenciada pela imprensa europeia, aparecendo na capa de três revistas espanholas. Aos 19 anos, a mineira ganhava o mundo. Além disso, iniciou, no Brasil, a carreira de atriz. Mais tarde, em 2017, disse que fez o ensaio sensual por dinheiro. Por causa da crise econômica, o pai tinha perdido a casa e ela teve necessidade de aceitar a proposta da Playboy para quitar as dívidas.

Nâni Venâncio

Ana Venâncio da Silva nasceu no dia 10 de setembro de 1968, na cidade de São Geraldo do Baixio, Minas Gerais. Depois da capa da Playboy de janeiro de 1989, ficou  mais famosa ainda ao aparecer totalmente nua na abertura da telenovela Pantanal, da Rede Manchete, em 1990. Antes, já havia feito uma participação na novela O Outro, da Rede Globo (1987). Seguiram-se O Canto da Sereia (minissérie, Manchete, 1990); O Guarani (minissérie, Manchete, 1991); Olho No Olho (novela, Globo, 1993); Incidente Em Antares (minissérie, Globo, 1994); e Mandacaru (novela, Manchete, 1997). Em 2009, assumiu a apresentação do programa A Tarde é Show, na RBTV. Apresentou os programas Nani Mulher (Rede Mulher), Questão de Opinião (Rede Record) e Altos Papos (Rede TV). Nas eleições municipais de 2012, candidatou-se a vereadora de São Paulo pelo Partido Republicano Brasileiro. Porém, não teve êxito.

00a 01 02 04
05 06
08 09
10

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados