Alice de Carli
04 topless05 topless06 calcinha01 play

ANA ALICE DE CARLI nasceu no dia 27 de março de 1961, na cidade de Santos, São Paulo. Nasceu no litoral paulista, mas residiu nas cidades de Caxias do Sul e Porto Alegre. Na capital gaúcha, fez cursos em estúdios de fotografia e outros de interpretação. Mudou-se para São Paulo no início dos anos de 1980 para perseguir a carreira de modelo. Posou para a capa e fez ensaios sensuais para algumas das maiores revistas masculinas da época, como a Ele e Ela, a Status e a Playboy. Tornou-se uma das musas daquela época. Chegou até, em 1986, a colocar o seu bumbum no seguro por dois milhões de cruzados.

Foi com esse handicap que ilustrou a reportagem “A Sedução das Calcinhas”, publicada na Playboy de dezembro de 1986. Participou de várias campanhas publicitárias, com destaque para as calcinhas Hope. Na televisão, estreou no programa “Praça Brasil”, da Rede Bandeirantes, em 1987. Depois de apenas quatro semanas, seguiu, juntamente com o Carlos Alberto de Nóbrega, para o programa do SBTA Praça É Nossa”, no qual permaneceu até 1989. O quadro do “Chefinho” foi o ápice da sua carreira. Passou a ser conhecida pelo público como a Dona Dadá e o seu jargão “Ui ui ui, chefinho”. Ao contracenar com o Tutuca Linhares e com o Aldo César, arrebitava o bumbum e ronronava o bordão, levando todos ao delírio.

alice-de-carli ft2Após sair do programa, foi para o Rio de Janeiro, onde fez cursos de teatro no tablado, atuou numa novela da Rede Globo (“Despedida de Soleiro”) e em peças teatrais. Em 1995, tornou-se evangélica. Em 1997, participou da minissérie “A Filha do Demônio”, na TV Record. Pouco tempo depois, afastou-se da vida artística e formou-se em direito. Deu-se muito bem na área, tornando-se professora da Universidade Federal Fluminense. Na literatura jurídica, escreveu os livros “Bem de Família do Fiador e o Direito Humano Fundamental à Moradia” (2009) e “A Água e Seus Instrumentos de Evetividade” (2013). Foi uma das mulheres mais fotografadas do Brasil.



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados