banner-topo

Valéria Valenssa, a inesquecível “globeleza”, lança a sua biografia

v-valenssa1Um Conto de Fadas

11/02/2014 — Valéria Valenssa, a eterna Globeleza, ganhou uma biografia escrita por Laura Bergallo e Joseane Duarte. O livro conta a trajetória da moça, que ficou por quinze anos no ar com o corpo coberto por pinturas nas vinhetas do Carnaval da TV Globo. De acordo com a modelo, é “como um conto de fadas”. Ela passou por todas as expectativas de uma menina vinda do subúrbio que conseguiu chegar à fama e, um dia, foi substituída. Por isso, sofreu depressão e sequer saía de casa. Ela se recuperou do baque quando se converteu à religião evangélica. Hoje, aos 42 anos, se dedica integralmente à família e a uma igreja que abriu no bairro do Jardim Botânico, no Rio de Janeiro. Ela assumiu as vinhetas do carnaval da TV Globo em 1990 e foi substituída pela modelo Aline Aniceto em 2005.

v-valenssa2Valéria Valenssa
VALÉRIA DA CONCEI
ÇÃO DOS SANTOS nasceu no dia 5 de outubro de 1971, na cidade do Rio de Janeiro. Teve uma infância pobre no subúrbio carioca e sonhava em ser chacrete (dançarina do programa do Chacrinha) quando crescesse. Ganhou vários concursos de beleza na adolescência. Iniciou a carreira de modelo e chegou a realizar campanhas para a Coca-Cola e a Nestlé. Mas a fama aconteceu quando participou do concurso Garota de Ipanema em 1989. Foi a única negra participante e se classificou em quarto lugar. Entre os jurados estava Hans Donner, o responsável pelas vinhetas da programação da TV Globo, que a convidou para estrelar a abertura das transmissões do carnaval. Em 1993 fez o seu primeiro ensaio sensual para a Playboy, edição de abril. Repetiu a dose em junho de 1995. Em 1999 foi rainha da bateria da Escola de Samba Mocidade Independente. Até 2005 foi uma das mulheres mais fotografadas do Brasil.




© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados