santa-casa2Santa Casa & Prefeitura

29/03/2017 — Nos primeiros três meses do ano, a Fundação Santa Casa de Misericórdia recebeu R$ 2.987.608,60 da Prefeitura de Franca. Os dados indicam que 33,47% desse valor — R$ 1 milhão — foram, a título de subvenção, destinados para despesas de custeio da instituição. Essas despesas se referem basicamente à aquisição de insumus e ao pagamento de funcionários e prestadores de serviço. Essa subvenção não estava prevista no orçamento aprovado pela Câmara de Vereadores em 2016. Por isso, o Poder Legislativo teve de editar uma lei especial para autorizar o repasse por parte do Poder Executivo. Desde 2013, não há nenhum padrão nos repasses feitos pelo município Santa Casa. Ao longo de 2016, foram R$ 19 milhões. Em 2015, R$ 7,4 mihões; em 2014, R$ 4 milhões e, em 2013, R$ 10,3 milhões. Além dos repasses voluntários, a prefeitura compra serviços nas área se diagnóstico, laboratórios e emergência.

Balanço De 2016
23/02/2017 — A Fundação Civil Santa Casa de Misericórdia de Franca reportou, em balanço, um resultado financeiro líquido de R$ 1.659.252,00 no ano de 2016. Reverteu, assim, o déficit de R$ 14,2 milhões verificado no exercício de 2015. O balanço, assinado por uma auditoria independente, foi publicado no Diário Oficial do Município. Mesmo com esse desempenho, os números indicam que houve uma queda de 1,3% no patrimônio líquido, que recuou de R$ 92,5 mlhões em 2015 para R$ 91,3 milhões em 2016. As maiores receitas da fundação vieram do Governo do Estado, com o repasse de R$ 22,9 milhões. O município repassou R$ 14,6 milhões e o Governo Federal, R$ 6,1 milhões. A entidade fez, em 2016, 485.835 atendimentos, 18.011 internações e 6.069 cirurgias. Tem disponíveis 288 leitos, 231 dos quais credenciados pelo Sistema Único de Saúde.

Santa Casa & Geraldo Alckmin
25/01/2016 — A Fundação Civil Santa Casa de Misericórdia de Franca recebeu do governo estadual a quantia de R$ 2.298.634,25. O repasse foi feito no dia 20 de janeiro, segundo demonstrativos publicados no Portal da Transparência Estadual. A instuição deverá utilizar os recursos no pagamento de salários, contratação de serviços e aquisição de material de consumo. A prestação de contas sobre o emprego do dinheiro deverá ser feita até o dia 31/12/2017. No final do ano passado, a diretoria da entidade havia manifestado que estava sem recursos para acertar as pendências trabalhistas do ano. A Santa Casa mantém vários convênios com o estado, entre os quais o da administração do Ambulatório de Especialidades (AME).


Notícias de Franca

UP TOGGLE DOWN


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados