Ação Social Franca 2019
acao social orcamento

07/12/2018 — A gestão dos serviços da Secretaria de Ação Social de Franca contará, em 2019, com um orçamento de R$ 49,8 milhões (número arredondado para cima), segundo a proposta do Poder Executivo, aprovada pela Câmara de Vereadores. O valor é 5,28% maior do que o constante na proposta de 2018, de R$ 47,3 milhões. Além dos recursos diretos da própria secretaria (R$ 16,6 milhões), prevê-se o repasse para o Fundo Municipal de Assistência Social de recursos dos governos estadual e federal. A previsão para o fundo é de R$ 29,4 milhões, representando 59,04% do total. A ação social também faz a gestão dos recursos disponibilizados no Fundo da Criança e do Adolescente (R$ 2,1 milhões) e do Fundo dos Portadores de Deficiência (R$ 371,8 mil). O detalhe é que os recursos do Fundo dos Idosos encolheu 35%. A proposta de 2018 previa R$ 2,0 milhões e a proposta de 2019, R$ 1,3 milhão.

Gastos Saúde 2019
saude orcamento

02/12/2018 — Na proposta orçamentária para 2019, aprovada pela Câmara de Vereadores, o prefeito de Franca se diz disposto a aplicar R$ 235,9 milhões no setor da saúde. Em 2018, a proposta original previa R$ 218,0 milhões. A diferença de R$ 17,9 milhões representa um acréscimo de 8,23% de um ano para o outro. Do total geral, R$ 175,8 milhões fazem parte do orçamento direto da Secretaria de Saúde, crescimento de 13,35% em relação à proposta original do ano passado, de R$ 155,1 milhões. O orçamento da saúde ainda prevê o direcionamento de R$ 59,9 milhões para o Fundo SUS, queda de 4,47% em relação à proposta de 2018, de R$ 62,7 milhões. Também estão previstos recursos para o Fundo de Proteção dos Animais, de R$ 109,1 mil, e para o Fundo Andidrogas, de R$ 97,2 mil. Em relação ao orçamento geral da prefeitura, de R$ 853,4 milhões, a saúde ficará com 27,64%.

Franca Educação 2019
educacao orcamento

29/11/2018 — De acordo com o projeto de orçamento encaminhado à Câmara de Vereadores, a Prefeitura de Franca pretende gastar R$ 278,7 milhões no setor da Educação em 2019. O valor é 22,67% maior do que a proposta original de 2018, de R$ 227,2 milhões. Como se sabe, o município, pela Constituição Federal, deve reservar 25% das receitas advindas dos impostos para cobrir os custos da educação básica. Além disso, ainda recebe recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica, descontados dos impostos estaduais (ICMS e IPVA) e dos impostos federais (Imposto de Renda e IPI). A proposta orçamentária de Franca já foi aprovada pelos vereadores. Do total destinado ao setor, R$ 268,3 milhões, representando 96,27%, vão para o Fundo Municipal da Educação Básica. Também estão reservados R$ 7,0 milhões para aplicação no ensino superior, aumento de 29,63% em relação ao previsto para 2018.

Orçamento & Finanças
orcamento

20/11/2018 — A Prefeitura de Franca deverá movimentar em 2019 o montante de R$ 875,1 milhões, segundo mensagem encaminhada à Câmara de Vereadores para apreciação. O valor significa aumento de 11,2% no comparativo com o orçamento previsto para 2018, de R$ 787,2 milhões. No geral, incluindo as duas faculdades municipais, o Serviço Social do Servidor Público, a Fundação para o Esporte e a Arte e a Câmara Municipal, orçamento anual chega a R$ 936,5 milhões. A principal receita prevista, de R$ 448,1 milhões, é a decorrente das transferências do Governo Estadual, entre as quais o ICMS e o IPVA,  e do Governo Federal, entre as quais o Fundeb e o Fundo de Participação dos Municípios. Em segundo lugar, aparecem as receitas próprias, de R$ 299,9 milhões, advindas, principalmente, do IPTU e do ISS. Nas despesas, o maior valor deverá ficar com a Educação, na base de R$ 278,7 milhões. A Saúde terá R$ 235,9 milhões e a Segurança, R$ 31,8 milhões.

orcamento publico1Por Órgaos Administrativos
PREFEITURA MUNICIPAL  875.096.000,00
CÂMARA MUNICIPAL  13.500.000,00
SERVIÇO SOCIAL DO SERVIDOR  2.688.134,00
FUNDAÇÃO ESPORTE ARTE E CULTURA  10.526.999,21
FACULDADE DE DIREITO  18.032.269,00
UNI-FACEF  38.409.693,00

Previsão de 2018
02/01/2018 — O orçamento geral do município de Franca para 2018 é de R$ 787,2 milhões, o que representa 3,1% a mais que o executado em 2017. Tirando os valores relativos à Câmara Municipal (R$ 13,5 milhões), ao Centro Uni-Facef (R$ 44,6 milhões), à Faculdade de Direito (R$ 20,9 milhões) e a outros órgãos, “sobra” para a prefeitura R$ 693,2 milhões. As transferências do Governo Federal (Fundeb e FPM) e do Governo Estadual (ICMS e IPVA) representam o “grosso” da arrecadação: R$ 433,4 milhões ou 55% do total. As receitas próprias com impostos, taxas, tarifas e preços darão aos cofres locais R$ 218,9 milhões ou 27,8% do total. As maiores despesas, segundo a lei aprovada pela Câmara de Vereadores, serão com a educação: R$ 227,2 milhões ou 28,9% do total. A área da saúde vem segundo lugar com R$ 218 milhões ou 27,7% do total.

Previsão Unidades
227.177.496,42  EDUCAÇÃO  28,86%
218.011.205,69
  SAÚDE  27,69%
063.482.915,51
  SERVIÇOS E MEIO-AMBIENTE  8,06%
047.327.804,00
  AÇÃO SOCIAL  6,01%
027.203.252,22
  FINANÇAS  3,46%
025.719.321,93
  SEGURANÇA E CIDADANIA  3,27%
021.032.992,25
  ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS  2,67%
017.962.262,09
  ESPORTE, ARTE E CULTURA  2,28%
014.934.005,53
  PLANEJAMENTO URBANO  1,90%
011.936.699,00
  DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO  1,52%
008.976.966,07
  NEGÓCIOS JURÍDICOS  1,14%
005.254.100,00
  ASSUNTOS ESTRATÉGICOS  0,67%
004.211.500,00
  GABINETE DO PREFEITO  0,53%


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados