Emprego

28/01/2020 — Pela primeira vez, desde 2013, a cidade de Franca fechou 2019 com resultado positivo na criação de emprego com carteira assinada. De acordo com os dados oficiais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Governo Federal, o saldo ficou em 635 novos postos de trabalho criados ao longo do ano. Franca começou 2019 com 85.528 empregos formais. Terminou o ano com 86.163. No total, foram 41.772 admissões e 41.137 demissões registradas no CAGED. Em 2013, último ano de saldo positivo, foram criadas 2.622 vagas. Depois, em 2014, o nível de emprego começou a cair (-1.796 vagas). O fechamento de vagas atingiu o seu pico em 2015, com -4.385 vagas e veio decrescendo em 2016 (-660), em 2017 (-294) e 2018 (-245). No ano passado, todos os setores fecharam no azul, com exceção da indústria calçados, que extinguiu 215 vagas, e da agropecuária, com -24 vagas.

Histórico 2019
+ 1.640  JANEIRO
+ 2.077  FEVEREIRO
+ 0.589  MARÇO
+ 0.654  ABRIL
+ 0.079  MAIO
- 0.407  JUNHO
- 0.394  JULHO
- 0.134  AGOSTO
+ 0.599  SETEMBRO
+ 0.332  OUTUBRO
- 0.391  NOVEMBRO
- 4.009  DEZEMBRO

28/01/2020 — Especificamente em dezembro, quando as indústrias de calçados fazem demissão em massa para fechar o ano, o saldo do emprego em Franca ficou negativo em -4.009 vagas. As calçadistas foram responsáveis pelo fechamento de 2.948 vagas no último mês do ano, representando 73,5% do total. O saldo é decorrente do confronto das 104 demissões com as 3.052 demissões registradas no CAGED. As recontratações desses trabalhadores começarão a ocorrer a partir de fevereiro, de acordo com a tradição do mercado. Todos os outros grandes setores também ficaram no vermelho na passagem de 2019 para 2020. Os serviços fecharam 533 postos de trabalho em dezembro; o comércio, 117; a construção civil, 83; e a agropecuária, 13


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados