Imprimir
Categoria: Últimas Francanas
Acessos: 4751

registro civil1Registro Civil

05/02/2020 — O Cartório de Registro Civil de Franca, situado na Rua Líbero Badaró, no centro, registrou, em 2019, 3.292 certidões de nascimento. O número representa 0,90% da população estimada pelo IBGE, de 353.187 habitantes. Nos casamentos, o cartório registrou 1.715 certidões. De acordo com os dados estatísticos, Franca tem 10.541 (2,98%) crianças do sexo masculino na faixa etária do zero aos quatro anos. As crianças do sexo feminino nessa faixa são 10.425 (2,95%). Dos cinco aos nove anos são 11.801 (4,66%) homens e 11.297 mulheres (4,46%). A faixa etária predominante em Franca está entre os vinte e os vinte e quatro anos: 14.391 homens (5,68%) e 14.226 (5,61%).

Educação
21/01/2020 — Além dos recursos normais, repassados através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), o Governo Federal envia para o municípios outras verbas legais através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Em 2019, o FNDE mandou para Franca a quantia de R$ 17,1 milhões. O valor é 11,8% menor do que o observado em 2019, quando o repasse somou R$ 19,4 milhões. Dos repasses do fundo, destaca-se o Salário-Educação, cujo montante, no ano passado, somou R$ 10,3 milhões ou 60,2% do total. Depois, vem o dinheiro destinado a ajudar a custear a merenda escolar nas escolas públicas, na base de R$ 6,226 milhões ou 36,2% do total. Ainda vieram recursos para o programa Pró-Infância (R$ 415,8 mil) e para o transporte escolar (R$ 108,7 mil).

21/01/2020 — O Ministério do Desenvolvimento Social fechou os dados relativos aos pagamentos do programa Bolsa Família em 2019. Para Franca, no ano passado, vieram R$ 15.115.020,00 para atendimento. Somente em dezembro, os pagamentos totalizaram R$ 1.176.585,00. O benefício, no último mês do ano passado, chegou a 6.464 famílias, representando 5,02% da população estimada pelo IBGE. O benefício médio das famílias registrou R$ 181,18. O Bolsa Família para Franca começou janeiro de 2019 com 6.754 beneficiários. O número foi crescendo, crescendo, até atingir o seu ápice em maio, com 7.680 benefícios. Depois, os benefícios foram caindo, caindo, até chegar ao patamar de dezembro.

FEAC
20/01/2020 — O orçamento da Prefeitura de Franca para 2020 é de R$ 848 milhões. Desse montante, nas transferências intra-orçamentárias, o Poder Executivo pretende granjear a Fundação Esporte, Arte e Cultura com R$ 11.030.189,77 ao longo do exercício. A FEAC poderá receber mais do que isso, dependendo dos convênios a serem assinados nas áreas em que atua. A entidade administra, por exemplo, o Bolsa Atleta. Os beneficiários, pelo programa, recebem uma ajuda de custo para manterem-se em treinamento com o objetivo de representar a cidade em jogos oficiais, como os regionais e os abertos do interior. Em 2019, fundação recebeu da prefeitura mais de R$ 18 milhões. Ela também ajuda as categorias de base do basquete local e organiza o carnaval de rua.

Polícia
01/01/2020 — O 15.º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Franca, divulgou o balanço das suas atividades em 2019 até novembro. O dado mais expressivo indica que foram realizadas 4.069 prisões na 22 cidades da área de atuação. Cerca de 70% dos casos aconteceram em Franca. Das prisões realizadas, 2.542 foram em flagrantes decorrentes de atividades de tráfico de drogas, roubos, furtos e até assassinatos. Também foram registradas 229 capturas de menores e de 1.298 procurados pela justiça. O relatório indica também que 173 armas de fogo foram tiradas de circulação, além da apreensão de 761 quilos de drogas e da recuperação de 434 veículos furtados ou roubados. De janeiro a novembro, a Polícia Militar atendeu a 7,7 mil ocorrências de perturbação de sossego.

acidentes transito1Trânsito
01/01/2020 — O batalhão de trânsito da Polícia Militar de Franca divulgou o relatório de acidentes ocorridos na cidade em 2019. De acordo com os números, do total de acidentes, ocorreram 43 com vítimas fatais. Embora esse número seja 21,8% inferior ao registrado em 2018 (55 mortes), a situação ainda preocupa as autoridades de trânsito. Do total das mortes de 2019, dezoito são motociclistas, representando 41,8%. Em segundo lugar no rol de vítimas fatais aparecem os pedestres. Nos dados gerais de acidentes, a campeã é a Avenida Major Nicácio, com 52 eventos registrados, sendo dois com vítimas fatais. No segundo lugar está a Avenida Dr. Hélio Palermo, com 47 acidentes. A Avenida Brasil também apresenta números preocupantes.