Saúde
hemodialise1

20/03/2019 — O Fundo Nacional de Saúde repassou para Franca, em fevereiro de 2019, a quantia de R$ 3.029.514,08, para diversas ações do atendimento médico da população. O valor é 5,35% menor do que o repassado em fevereiro de 2018, quando vieram R$ 3.390.958,45. Também no acumulado, em 2019, as transferências foram 6,25% menores. Somando janeiro e fevereiro deste ano, o valor ficou em R$ 5.694.164,94. No mesmo período do ano passado foram R$ 6.073.995,73. Os recursos da saúde são direcionados para áreas específicas. Em fevereiro, Franca recebeu, por exemplo, R$ 1.555.666,39 para internações hospitalares e atendimentos de média e alta complexidade, com os de urgência e emergência do Pronto Socorro. Para o funcionamento das unidades básicas de saúde (atenção básica) as transferências somaram R$ 689.287,37. Também vieram R$ 160.287,37 para aquisição de medicamentos.

Cenoura
18/03/2019 — A Prefeitura de Franca fechou licitação, na modalidade registro de preços, para a compra de 75 mil quilos de cenoura para a merenda escolar. A vencedora do certame foi a empresa Octávio Alves Ferreira Júnior, atacadista da cidade de Delfinópolis, Minas Gerais. Ela deverá entregar o produto diretamente às escolas e creches indicadas no edital ao preço de R$ 0,98 o quilo, perfazendo o total de R$ 73.500,00. A empresa mineira também ganhou a concorrência para a entrega de 40 mil quilos de batata ao preço unitário de R$ 0,98 (R$ 39.200,00) e de 55 mil quilos de cebola de cabeça a R$ 1,49 o quilo (R$ 81.950,00). O total da licitação, com vistas ao abastecimento das unidades no primeiro semestre, envolve outros produtos e empresas no valor de R$ 2.375.650,00.

Creches
03/03/2019 — A Prefeitura de Franca contratou as empreiteiras GLF Engenharia, JJ Engenharia e Construções HM Lutfalla para a construção de creches nos bairros Parque das Esmeraldas, Residencial São Jerônimo e Jardim Martins. A primeira custará aos cofres públicos R$ 1.776.731,73, a segunda R$ 1.400.097,82 e a terceira R$ 1.597.016,66. O valor global soma R$ 4.773.846,21. Os recursos serão repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. As construções seguirão os projetos-padrão do FNDE. As creches terão o padrão 1, com instalações para o atendimento de até 376 crianças em dois turnos ou 188 em período integral. As empreiteiras terão 240 dias para o término das obras. Como de praxe, a prefeitura, depois, fará chamamento público para que alguma entidade sem fins lucrativos assuma a administração e o atendimento das creches.

Bolsa Família
18/02/2019 — Relatório da Secretaria Nacional do Desenvolvimento Social informa que, na área da saúde, a cidade de Franca não tem cumprido integralmente as exigências do programa Bolsa Família. O documento diz que 4.556 crianças de até sete anos e as mulheres gestantes teriam de ter acompanhamento efetivo nas questões relativas à saúde. Mas a cidade conseguiu acompanhar, em 2018, somente 2.906 ou 63,8% do público-alvo. A média nacional é 72,8%, de acordo com a SNDS. Na área da educação, porém, desempenho de Franca é considerado muito bom. O relatório indica que 99,9 das 7.519 crianças das famílias inscritas estão regularmente matriculadas na rede pública. A cidade tem 6.896 famílias cadastradas no Bolsa Família. Em 2018, os repasses federais ficaram em R$ 14,0 milhões. Em fevereiro de 2019, foram repassados R$ 1,231 milhão, média de R$ 177,25 por família.

Franca Economia
03/02/2019 — Entre janeiro e dezembro de 2018, foram abertas formalmente em Franca 5.916 novas empresas. Segundo o Instituto de Economia da Associação do Comércio e Indústria de Franca, 2.596 delas são do setor de serviços, 1.711 do setor comercial, 857 do setor industrial e 752 de outros setores menores. O total de 2018 é 28,92% maior no comparativo com 2017, quando foram registradas 4.569 novas empresas. Entre as atividades, destacam-se, no setor de serviços, a de cabeleireiro, com 303 novos profissionais formais estabelecidos. No comércio, verificaram-se 422 registros de novos estabelecimentos na área da alimentação. No setor industrial, muito embora os problemas do ano passado, 414 novas empresas no ramo de couro e calçados solicitaram formalização.

20190112Gilson & MP
11/01/2018 — A justiça de Franca aceitou denúncia contra o prefeito de Franca, Gilson de Souza, por improbidade administrativa. É o primeiro processo que o político vai enfrentar desde que assumiu a prefeitura, em janeiro de 2017. De acordo com os autos, a Prefeitura de Franca teria mantido ao longo de 2018 o aluguel de um prédio na Rua Antônio Bernardes Pinto, na Vila Imperador, mesmo não tendo nenhum projeto em andamento no local. O prédio abrigava da Incubadora de Empresas, desativada em 2017. O preço do aluguel era de nove mil reais por mês. Na ação de improbidade administrativa, o Ministério Público requer a devolução dos valores aos cofres públicos municipais, na base de R$ 313.974,40, além da perda dos direitos políticos por cinco anos e a proibição de contratar com o Poder Público.

unifacef fachadaUni-Facef 
02/01/2019 — O Centro Universitário Uni-Facef de Franca espera arrecadar com mensalidades, serviços e transferências em 2019 a quantia de R$ 38.409.693,00. É o que consta da Lei Orçamentária Anual, aprovada pela Câmara de Vereadores. A instituição oferece atualmente catorze cursos em várias áreas, com destaque para os cursos de graduação em medicina, engenharia civil e ciência da computação. O Uni-Facef é uma autarquia municipal. Por isso, está sujeito aos sistemas de controle do Tribunal de Contas do Estado. As principais despesas do centro em 2019 serão aquelas com pessoal e encargos. Segundo publicado no Diário Oficial, o salário do reitor, professor José Alfredo de Pádua Guerra, será de R$ 4.001,90 por mês. Cada professor receberá, em média, cerca de cinco mil reais mensais.

remendo asfaltico1Emdef & Asfalto

29/12/2018 — Desde 2016, os serviços de remendo asfáltico nas ruas e avenidas de Franca ficaram mais escassos. Naquele ano, o último do prefeito Alexandre Ferreira, foram repassados para a Emdef, a empresa municipal responsável, a quantia de R$ 13,2 milhões. Em 2017, o primeiro ano do prefeito Gilson de Souza, o repasse caiu para R$ 10,7 milhões. Em 2018, os pagamentos à empresa caíram ainda mais: R$ 8,1 milhões. O valor representa diminuição de 24,3%. Para 2019, segundo extrato de prorrogação contratual publicado no Diário Oficial, haverá um adicional de R$ 518.986,24 nos repasses. O contrato original é de R$ 4,1 milhões. O aumento de 12,95 % valerá por noventa dias, até o final de março, quando outro contrato deverá ser assinado.

20170101Franca & Política

27/12/2018 — O prefeito de Franca, Gilson de Souza, ajuizou representação de injúria contra o vereador Marco Garcia e de difamação contra o radialista Hélio Rodrigues. O crime de injúria acontece quando alguém atribui a outro qualidade negativa que ofenda a honra e a dignidade. Difamação consiste no ato de divulgar fato ofensivo à reputação de alguém. O Marco Garcia, vereador há anos, segundo se diz à boca pequena, tem interesse em se candidatar a prefeito nas próximas eleições pelo Partido Popular Socialista. O Hélio Rodrigues, ex-vereador, realiza seu ofício nos microfones da Rádio Hertz, de propriedade do ex-prefeito Sídnei Rocha, candidato derrotado nas últimas eleições. A justiça de Franca ainda não se posicionou sobre as representações. Pelo protocolo, vai, primeiro, chamar os contendores para uma audiência de conciliação.

Serviços de Hemodiálise

26/12/2018 — A Prefeitura de Franca publicou no Diário Oficial do Município o aditamento do contrato com a Clinica Nefrológica de Franca para a continuidade dos serviços de atendimento dos pacientes com problemas nos rins. O acordo terá a duração de doze meses. Em 2019, a clínica deverá receber R$ 450 mil a mais do que recebeu em 2018. Os dados disponíveis no Portal da Transparência demonstram que a empresa faturou da prefeitura, em 2018, a quantia de R$ 2.780.624,10. Esse valor é 13,4% menor do que o verificado em 2017, quando os pagamentos totalizaram R$ 3.211.463,93. A Clínica Nefrológica de Franca, situada no Bairro São José, presta serviços ao município desde 2007. Nesse tempo, recebeu dos cofres públicos locais R$ 26.465.015,74. A sociedade está registrada na Junta Comercial de São Paulo desde 2004, com capital social de R$ 1,250 milhão.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados