corpo de bombeiros1Bombeiros

14/11/2020 — São Paulo possui um déficit de 13 mil profissionais no efetivo do Corpo de Bombeiros. O estado conta com apenas 39% do que seria necessário para atender a população, levando-se em conta a média dos países membros da Associação Internacional de Fogo e Salvamento. Os dados são do Tribunal de Contas do Estado. A corte realizou uma auditoria nas condições do Corpo de Bombeiros com base no desempenho em 2019. Os números do estado foram comparados com a média da associação internacional. Essa média prevê a presença de um bombeiro para cada grupo de mil habitantes. O efetivo do Corpo de Bombeiros no ano passado era de 8.604 militares. Como o estado possui 44,3 milhões de habitantes, esse efetivo deveria ser de 21.847 nas contas do TCE.

Covid
19/09/2020 — Os municípios paulistas apresentaram um gasto 29,27% maior em agosto na comparação com os recursos empregados no mês anterior para o enfrentamento à pandemia da COVID-19. O valor desembolsado pelas prefeituras no período chegou a R$ 2,86 bilhões, ao passo que, em julho, a soma registrou R$ 2,21 bilhões. O Governo do Estado também teve acréscimo nos recursos empenhados, empregando R$ 2,84 bilhões, 5,18% a mais do que em julho, quando o total ficou em R$ 2,7 bilhões. Juntos, municípios e o governo estadual destinaram R$ 5,7 bilhões à COVID-19 em agosto, variação 16,09% maior do que em julho (R$ 4,91 bilhões). Franca, especificamente, empenhou até agosto o montante de R$ 18,1 milhões, segundo dados oficiais do Tribunal de Contas do Estado.

Inquérito sorológico
21/08/2020 — O vice-governador Rodrigo Garcia anunciou a realização de um inquérito sorológico na rede estadual de educação para mensurar a circulação do coronavírus entre os integrantes da comunidade escolar do Estado de São Paulo. O inquérito acompanhará a estatística necessária para que a informação sobre a evolução da epidemia na rede, seja de alunos seja de professores, possa dar a clareza necessária para a preparação para a volta às aulas de mais de 3,5 milhões de estudantes e de 240 mil profissionais da educação. O procedimento será organizado em conjunto pelas secretarias estaduais da Educação e da Saúde.

Parceira
21/08/2020 — A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e a inicidativa Todos pela Saúde (Itaú Unibanco) firmaram parceria com o Instituto Butantan através da qual aportarão R$ 82,5 milhões no desenvolvimento dos ensaios clínicos de Fase 3 da vacina Coronavac, da chinesa Sinovac Biotech. A vacina já está em teste com nove mil voluntários em todo o país. Os recursos também serão aplicados na adequação de uma fábrica de produção da vacina e de processamento final de imunobiológicos. O apoio da FAPESP possibilitará a definição de estratégias para a pesquisa e a inovação em ciência aberta. Além dos ensaios clínicos, em que os voluntários receberão duas doses da vacina ou placebo, em intervalo de catorze dias, estão programados estudos sobre a imunogenicidade e a segurança da vacina em pessoas com maior risco da doença.

Cadeias
25/07/2020 — Auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo revela que, no exercício de 2019, as 176 unidades prisionais administradas pelo estado apresentaram um déficit de 83.345 vagas para abrigar uma população carcerária. Segundo dados, cada unidade prisional padrão tem capacidade para abrigar até 823 presos. Assim, a estrutura atual do sistema deveria atender no máximo 147.942 presos. No entanto, em dezembro de 2019, época da auditoria, a população nas carceragens chegou a 231.287 detentos ou 56,3% acima da capacidade. Em relação ao quadro de pessoal das unidades prisionais, o TCE-SP apurou que cada agente de custódia cuida, em média, de 9,8 presos. Em Franca, a penitenciária tem capacidade para 847 presos, mas tinha na época da pesquisa 1.947.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados