tenis futurista1O Futuro Chegou

22/05/2018 — A Nike vai lançar esta semana no Brasil HyperAdapt 1.0, tênis que se amarra sozinho. A construção do modelo se baseou nos efeitos especiais observados no tênis do personagem Marty McFly (Michael J. Fox), do filme “De Volta Para o Futuro”, lançado em 1985. A novidade é resultado de um projeto de pesquisa nas áreas da engenharia digital, elétrica e mecânica. O primeiro protótipo do sistema de amarração adaptável da empresa americana foi desenvolvido numa bota de snowboard, com um gerador externo. Algumas versões mais tarde, o mecanismo se juntou ao desenho HyperAdapt 1.0, tornando-se o modelo mais cobiçado no mercado. As vendas estão sendo feitas através do portal da Nike, ao preço de R$ 3.499,90.

logo1Maçã de 1 Trilhão
12/05/2018 — A Apple está prestes a se tornar a primeira empresa norte-americana listada a valer 1 trilhão de dólares. Criada na garagem do co-fundador Steve Jobs, em 1976, a receita anual da fabricante do iPhone subiu para 229 bilhões de dólares, valor maior do que o produto interno bruto de países como Portugal e Nova Zelândia. O valor de mercado da companhia superou o recorde de 934 bilhões de dólares na quinta-feira (10), após o anúncio dum programa de recompra de ações de 100 bilhões de dólares e de notícias de que a Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffet, aumentou significativamente sua participação na empresa. Graças a uma alta de 12% informada no balanço trimestral, a Apple está a apenas 8% abaixo da marca do US$ 1 trilhão.

Lojas Renner
04/05/2018 — A varejista de moda Lojas Renner informou alta de 66,4% no lucro líquido do primeiro trimestre. Esse lucro chegou a R$ 111,4 milhões. A geração de caixa, medida pelo lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda), somou R$ 249,5 milhões, aumento de 31% na comparação anual. A Renner é a maior varejista de moda do país. Foi fundada em 1965 e está presente em todas as regiões. De acordo com levantamentos de 2017, a empresa conta com 500 lojas físicas, mas também opera no comércio digital. No ano passado, iniciou suas operações internacionais, com a inauguração de uma loja no Uruguai.

logoItaú & OLX
03/05/2018 — O Banco Itaú e a OLX anunciaram uma parceria para o financiamento de carros novos e usados. Com o acordo, todos os clientes que acessarem o site de comércio terão acesso a uma solução digital desenvolvida pelo banco. A ferramenta permite simular o financiamento e realizar a análise de crédito numa única jornada, com apenas alguns cliques. As taxas manifestam-se personalizadas conforme o perfil de cada cliente. Esse acordo decorre, segundo comunicado das empresas, do aumento da demanda por bens duráveis. Com a paulatina recuperação econômica, o mercado de crédito também voltou a dar sinais de aquecimento.

bradesquinha1Bradesco Vs. PagSeguro
24/04/2018  — O Bradesco entrou definitivamente na “guerra das maquininhas”. Através da empresa controlada Cielo, da qual é sócia junto como  Banco do Brasil, investiu em seu próprio terminal de captura de transações financeiras com cartões, denominada “Bradesquinha”. Na mira do banco estão os pequenos varejistas, clientes da instituição, mas que recorrem à concorrência na hora de escolher um parceiro para o recebimento de pagamentos. Ainda com um certo atraso, o anúncio da entrada do banco no mercado de maquininhas ajudou a derrubar as ações da rival PagSeguro na Bolsa de Nova York. Enquanto isso, os papéis da Cielo tiveram valorização de três por cento. O Bradesco espera vender e alugar cerca de 100 mil maquininhas.

Nestlé Reciclável
18/04/2018 — A Nestlé anunciou que planeja tornar 100% das suas embalagens recicláveis ou reutilizáveis até 2025. A intenção da companhia é que nenhuma das embalagens seja descartada em aterros sanitários ou lixo. Em comunicado, a empresa disse que o lixo plástico é um dos maiores problemas de sustentabilidade para o mundo atualmente. E é necessário um trabalho coletivo para reduzir o descarte na natureza. O projeto, de caráter global, vai envolver as ações da companhia também no Brasil. A Nestlé é a maior empresa de alimentos e bebidas do mundo. Está presente em 191 países. No Brasil, são 31 unidades industriais localizadas em nove estados, inclusive São Paulo. Entre as principais marcas da empresa estão o achocolatado Nescau, o Nescafé, a Maggi e o Leite Moça.

logo1Pneus Em Crise
14/04/2018 — O ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), decidiu manter o bloqueio de bens da Michelin, fabricante francesa de pneus, no Brasil, no valor de R$ 1,028 bilhão, determinada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Os argumentos da companhia de que a manutenção do bloqueio está ameaçando o funcionamento das duas fábricas que mantém no país não foram aceitos. A fabricante de pneus está sendo processada pela justiça fluminense por, supostamente, ter sido beneficiada por um decreto estadual que concedeu a ela benefícios fiscais de mais de um bilhão de reais. A Michelin fabrica pneus para caminhões, ônibus e carros. As fábricas da empresa estão localizadas nas cidades do Rio de Janeiro e Itatiaia, no estado fluminense.

Prejuízo da Oi
13/04/2018 — A operadora de telefonia Oi registrou prejuízo consolidado de R$ 4,01 bilhões no quarto trimestre de 2017, fechando o período com perdas de R$ 6,68 bilhões. O resultado negativo no trimestre foi consequência, principalmente, da desvalorização do real frente ao dólar, movimento que teve impacto sobre a dívida da companhia em moeda estrangeira. Ao fim de 2017, a dívida líquida consolidada somava R$ 47,6 bilhões, um aumento de quase 8% em relação ao terceiro trimestre do ano passado. Outro fator que puxou o resultado da Oi para o campo negativo foi o ajuste de R$ 21 bilhões em efeitos contábeis registrados no patrimônio líquido da companhia, em decorrência do plano de recuperação judicial. A receita líquida total consolidada diminuiu 7,8% em termos anuais, somando R$ 5,82 bilhões no quarto trimestre contra R$ 6,32 bilhões no mesmo período de 2016.

marfrig seara in1Marfrig & National Beef
10/04/2018 — A brasileira Marfrig, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, fechou a aquisição de 51% do frigorífico americano National Beef, um dos maiores dos Estados Unidos, com faturamento de cerca de US$ 7,5 bilhões. Com a transação, a empresa passará a ser a segunda maior processadora de carne bovina do mundo, atrás da JBS. De acordo com o comunicado feito ao mercado, a companhia brasileira pagará cerca de US$ 1 bilhão pela fatia. Paralelamente à compra da National Beef, a Mafrig pretende se desfazer totalmente da subsidiária Keystone ainda no primeiro semestre de 2018. Essa empresa, também com sede nos Estados Unidos, foi adquirida em 2010, num negócio que envolveu US$ 1,5 bilhão. Entre as marcas mais conhecidas da Marfrig está a Seara.

Falências & Concordatas
09/04/2018 — No primeiro trimestre de 2018 foram realizados 296 pedidos de falência em todo o país, queda de 24,9% em relação aos 394 requerimentos efetuados no mesmo período em 2017. O levantamento é da Serasa Experian. Do total de requerimentos nos três primeiros meses do ano, 160 foram de micro e pequenas empresas, 70 médias e 66 de grandes. Em março na comparação com mesmo mês do ano passado, a queda foi de 24,8%, caindo de 161 para 121. Em relação a fevereiro, houve aumento de 26%, por causa da menor quantidade de dias úteis.  Em 2018 ainda foram registrados 385 pedidos de recuperação judicial (concordata), aumento de 19,6% no comparativo com mesmo período de 2017 (322). As micro e pequenas empresas tiveram 237 pedidos, seguidas pelas médias (91) e pelas grandes empresas (57).


Mais Recentes

UP TOGGLE DOWN

 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados