manuelalvesbranco in1Alves Branco

MANUEL ALVES BRANCO nasceu no dia 7 de junho de 1797, na cidade Salvador, Bahia. Morreu no dia 13 de julho de 1855, na cidade de Niterói, Rio de Janeiro.

Estudou Direito na cidade de Coimbra, Portugal. De volta ao Brasil, iniciou carreira como magistrado, tendo sido juiz no Rio de Janeiro. Membro do Partido Liberal, elegeu-se deputado federal em 1830 e senador em 1837. Como contador do Tesouro Nacional, em 1837, tomou importantes medidas financeiras, tendo sido o primeiro a idealizar um fundo de resgate para a valorização do meio circulante. Após reduzir o déficit orçamentário do tesouro, lançou as bases de um novo sistema monetário para manter o papel-moeda a par do ouro.

Foi convidado pelo padre Diogo Antônio Feijó para compor a regência, mas não aceitou. Na qualidade de ministro do Império, organizou o Gabinete de Ministros, o qual presidiu, gerindo as pastas do Império e da Fazenda. Em 1844, decretou a chamada Tarifa Alves Branco, que elevou as taxas sobre os produtos estrangeiros importados. Pelos serviços prestados à Nação, recebeu de Dom Pedro II o título de nobiliárquico Visconde de Caravelas, que, antes, pertencera a José Joaquim Carneiro Campos, que fora ministro da Justiça de Dom Pedro I. Foi ministro da Fazenda nos períodos de 1.º de abril de 1839 a 18 de mai0 de 1840, 2 de fevereiro de 1844 a 2 de maio de 1846 e de 22 de maio de 1847 a 8 de março de 1848.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados