Luiz Argôlo
luiz-argolo15b

16/11/2015 — O juiz federal Sérgio Moro, da 13.ª Vara Federal em Curitiba, condenou o ex-deputado federal Luiz Argôlo a onze anos e onze meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Preso no Complexo Médico Penal, na região de Curitiba, o político foi acusado de receber R$ 1,5 milhão de propina do esquema de corrupção investigado na Operação Lava-Jato. Ainda cabe recurso da decisão ao Tribunal Regional Federal, mas a prisão cautelar está mantida. Argôlo é o terceiro ex-deputado condenado no mesmo processo. Em setembro, o petista André Vargas pegou 14,4 anos de cadeia. No mês seguinte, foi a vez do pepista Pedro Corrêa, condenado a 20,7 anos.

JOÃO LUIZ CORREIRA ARGOLO DOS SANTOS nasceu no dia 23 de junho de 1980, na cidade de Entre Rios, Bahia. Começou a carreira política em 2000, ao se eleger vereador na sua cidade natal. Logo depois, assumiu, interinamente, a prefeitura, tornando-se, na época, um dos prefeitos mais jovens do país. Em 2002, elegeu-se deputado estadual, o quarto mais votado, com mais de setenta mil votos. Reelegeu-se com folga em 2006. Em 2010, foi eleito deputado federal. Ainda nos primeiros anos do mandato, envolveu-se com o doleiro Alberto Youssef, passando a receber benesses do criminoso, preso na Operação Lava-Jato. Esse envolvimento veio à tona em 2014. Por causa disso, teve o mandado cassado pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. Depois, teve a sua prisão decretada pela justiça federal do Paraná.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados