20171209Alckmin & Elçeições

08/10/2018 — O candidato do PSDB nas eleições presidenciais, Geraldo Alckmin, obteve nas urnas o total de 5.096.349 votos, representando 4,76% dos válidos. Com esse desempenho, colocou-se no quarto lugar, abaixo do Ciro Gomes (PDT), do Fernando Haddad (PT) e do Jair Bolsonaro (PSL). No Estado de São Paulo, seu estado de origem, o candidato peessedebista obteve 2.224.049 votos, representando 44,03% do total obtido no país. Alckmin, no primeiro turno, teve, entre os candidatos, o maior tempo de televisão para propagar as suas mensagens. Para fazer a campanha declarou ao Tribunal Superior Eleitoral ter recebido em doações a quantia de R$ 54.061.398,97.

GeraldoAlckmin in1Geraldo Alckmin
GERALDO JOSÉ RODRIGUES ALCKMIN FILHO
nasceu no dia 07 de novembro de 1952, na cidade de Pindamonhangaba, Vale do Paraíba, São Paulo. Fez os primeiros estudos na sua cidade natal. Formou-se médico na Faculdade de Medicina de Taubaté. Em 1973, com 21 anos de idade, elegeu-se vereador em Pindamonhangaba. Em 1977, alcançou o cargo de prefeito, tornando-se o mais jovem chefe de executivo do país. Em 1982, graças à avaliação da sua gestão, foi eleito deputado estadual com 96.232 votos.

Na eleição seguinte, em 1986, elegeu-se deputado federal com 125.127 votos. Na Câmara Federal ficou até 1994, quando integrou, como vice-governador, a chapa vitoriosa para o governo São Paulo, ao lado do Mário Covas. Ficou nesse cargo até 2001, quando ascendeu ao posto de governador com a morte do titular. Foi reeleito em 2002, com 58,64%, no segundo turno, numa disputa com o petista José Genoíno. Em 2006, candidatou-se, sem êxito, à presidência da república. Voltou ao governo do estado em 2011 e reelegeu-se em 2014 com 12,2 milhões de votos. Sua maiúscula vitória atingiu 644 dos 645 municípios paulistas. Por causa desse histórico de vitórias, foi indicado para ser o candidato do PSDB à presidência da república em 2018. No final, ficou em quarto lugar na disputa.


 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados