Dória & Prévias

2018032220160927

180/03/2018 — O prefeito de São Paulo, João Doria,  venceu as prévias que escolheu o candidato do PSDB a governador de São Paulo para a eleição deste ano. Ele teve 11.993 votos, cerca de 80% dos 15 mil filiados que participaram do processo. O alcaide paulistano disputou com o ex-senador José Aníbal (901 votos), o secretário estadual Floriano Pesaro (1.101 votos) e o cientista político Luiz Felipe D’Avila (993 votos). Com exceção do Aníbal, os outros pré-candidatos estiveram na sede do partido para acompanhar a apuração. Após, declararam apoio vencedor. João Dória deverá deixar a Prefeitura de São Paulo até o dia 7 de abril. Nesse dia, deverá assumir a maior cidade da América Latina o vice-prefeito Bruno Covas, neto do governador Mário Covas. Se tem apoio dos filiados do partido, o pré-candidato não é visto com bons olhos pelos caciques partidários como o ex-presidente Fernando Henrique e o senador José Serra.

João Dória
JOÃO AGRIPINO DA COSTA DÓRIA JÚNIOR nasceu no dia 16 de dezembro de 1957, na cidade de São Paulo. Filho de um político cassado pelo regime militar, teve de morar na cidade de Paris, França, quando criança. Com treze anos de idade, começou a trabalhar na fábrica de fraldas que a mãe montara em São Paulo, após o retorno ao país. O pai retornaria ao Brasil somente em 1974, como diretor de uma exportadora de vinhos. Por intermédio dele, em 1977, conseguiu um estágio numa famosa agência de publicidade. Na faculdade, formou-se em comunicação social. Logo, assumiu um cargo de direção na TV Tupi de São Paulo. Mais tarde, criou a própria agência de publicidade, tornando-se um dos profissionais mais requisitados do país. Ficou famoso com a apresentação de programas de entrevistas, especialmente na TV Bandeirantes. Entre 1986 e 1988, foi presidente da Empresa Brasileira de Turismo. Rico e bom comunicador, elegeu-se prefeito de São Paulo em 2016, no primeiro turno, com 53,3% dos votos válidos.


 

 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados