quercia in1Orestes Quércia

A família de Orestes Quércia está prestes a fechar acordo na justiça em torno da sua herança. Pelo acordo, os quatro filhos com Alaíde Quércia ficam com as empresas deixadas pelo pai. Os dois filhos de outros relacionamentos ficarão com imóveis equivalentes ao valor das ações das quais abrirão mão. A divisão será feita depois de uma disputa acirrada nos bastidores. O ex-governador deixou 26 empresas, como shoppings, fazendas de café, e emissoras de televisão e de rádio espalhadas por todo o Brasil. O valor dos bens já foi estimado em mais de R$ 1 bilhão. Os próprios filhos calculavam que uma auditoria poderia chegar a um valor de no mínimo meio bilhão. A ideia é assinar o acordo até maio deste ano.

14/11/2013
Espólio de Quércia paga conta

O espólio do ex-governador de São Paulo Orestes Quércia (1987/1990) depositou em conta judicial R$ 1.240.299,00 para quitação de ação de execução movida pela Procuradoria Geral de Justiça. A execução tem base em sentença da justiça que impôs a Quércia condenação por improbidade administrativa. Em 1988, o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) recapeou estradas na zona rural de Pedregulho (SP) e aproveitou para instalar uma cerca de dez quilômetros de mourões na fazenda Nossa Senhora Aparecida, de propriedade de Quércia, então vice-governador de São PauloEm 1998, a Justiça Pública de São Paulo o condenou à devolução do valor gasto pelo DER, calculado em R$ 69,6 mil na época. Entre recursos, apelações e embargos, o Supremo Tribunal Federal exarou sentença definitiva. Quércia morreu em 2010, razão pela qual a execução recai sobre os bens que deixou.

 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados