juscelino1Juscelino Kubitscheck

JUSCELINO KUBITSCHEK DE OLIVEIRA nasceu no dia 12 de setembro de 1902, na cidade de Diamantina, Minas Gerais. Morreu no dia 20 de agosto de 1976, na Rodovia Eurico Gaspar Dutra (Via Dutra), próximo à cidade de Resende, Rio de Janeiro, vítima de acidente automobilístico.

Filho de um caixeiro-viajante e de uma professora, formou-se em Medicina na cidade Belo Horizonte, capital mineira, em 1927. Fez o curso e estágio complementares em Paris, França, e em Berlim, Alemanha, em 1930. Começou a trabalhar como capitão-médico da Polícia Militar de Minas Gerais, fazendo amizade com o político e futuro governador do estado, Benedito Valadares. Nomeado interventor federal em Minas, Valadares o colocou como chefe do seu gabinete, abrindo-lhe caminho para a política.

Neste mesmo ano, elegeu-se deputado federal por Minas para exercer o mandato de 1934 a 1937. Exerceu o cargo de prefeito nomeado de Belo Horizonte no período de 1940 a 1945, realizando obras de remodelação da capital. Em 1946, elegeu-se deputado constituinte pelo Partido Social Democrático (PSD). Em 1949, ganhou a eleição para governador do estado para o período de 1950 a 1954. Em 1955, venceu a eleição para a Presidência da República, absorvendo 36% do votos do eleitorado, numa coligação do PSD com o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). O slogan de campanha foi Cinquenta Anos Em Cinco.

Na Presidência da República, priorizou a construção de hidrelétricas, de estradas e a industrialização e a modernização da economia. Sua marca principal foi a construção de Brasília e a transferência da capital federal para o Centro-Oeste em 1960. Seu governo conseguiu criar uma imagem positiva de mudança, inaugurando a era pós-Getúlio Vargas. O governo não conseguiu, porém, conter o aumento da inflação e desde o início enfrentou a resistência dos militares. Após deixar o governo federal, elegeu-se senador pelo Estado de Goiás, em 1962. Esse mandato foi cassado junto com seus direitos políticos pela revolução de 1964. Em 1966, tentou organizar uma frente pela redemocratização do país, junto com Carlos Lacerda e João Goulart, mas não conseguiu seu objetivo. Morreu aos 74 anos.

 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados