banner-topo

Em discurso de Natal, Papa Bento XVI condena, mais uma vez, o casamento gay

bentoxvi in322 de dezembro de 2012
linha-gif

A rejeição do papa ao casamento gay tomou novos patamares nesta sexta-feira (21/12/2012). Bento XVI denunciou o que descreveu como pessoas que manipulam o gênero dado por Deus para adaptar suas opções sexuais, destruindo a “essência do ser humano” no processo. O líder religioso fez os comentários em seu discurso anual de Natal para os agentes administrativos do Vaticano, uma das falas mais importantes do ano, que ele dedicou à promoção dos valores familiares. Durante o discurso, o papa citou o rabino chefe da França ao dizer que a campanha para conceder direitos de casamentos aos homossexuais era “um ataque” à família tradicional composta de pai, mãe e filhos.

O papa também incluiu denúncias ao casamento entre pessoas do mesmo sexo em sua mensagem de paz divulgada recentemente, quando disse que o casamento gay, assim como o aborto e a eutanásia, era uma ameaça à paz mundial. Bento XVI disse que a teoria dos gêneros, que “é apresentada como uma nova filosofia de sexualidade”, é uma “falácia”. Segundo ele, a teoria contém erros profundos ao negar que o homem nasce homem ou mulher, manipula a natureza e compromete a dignidade da família e dos homens. O tema já havia gerado polêmica no início do ano, quando o papa afirmou que o casamento gay era “ameaça ao futuro da humanidade”. Na ocasião, ele havia afirmado que “políticas que sabotam a família ameaçam a dignidade e o futuro da própria humanidade”.


© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados