banner-topo

Livro do papa Francisco chegará ao Brasil em janeiro de 2016

francisco in1Francisco

16/12/2015 — Chegará em janeiro de 2016 ao Brasil e a outros oitenta e três países o primeiro livro do Papa Francisco. A capa traz o título da obra — “O Nome De Deus É Misericórdia” — está escrito a mão pelo próprio pontífice. Trata-se de uma conversa dele com o jornalista italiano Andrea Tornielli, que virou reflexões. Depois de um acirrado leilão entre sete editoras brasileiras, a Planeta adquiriu os direitos de publicação. O lançamento mundial será no dia 12 de janeiro, no Vaticano, com a presença do papa e de toda a cúpula da Igreja Católica. A parte festiva terá a participação de artistas, especialmente do cineasta e ator italiano Roberto Benigni. A primeira edição mundial sairá com, no mínimo, cinco milhões de exemplares.

Jorge Mario Bergoglio nasceu no dia 17 de dezembro de 1936, na cidade de Buenos Aires, Argentina. Descendente de italianos, ingressou no noviciado da Companhia de Jesus em 1958. Graduou-se em filosofia na Universidade Católica de Buenos Aires em 1960. Recebeu a ordenação presbiteral em dezembro de 1969, emitindo seus últimos votos na ordem dos jesuítas em 1973. No período de 1980 a 1986, foi reitor da Faculdade de Filosofia e Teologia de San Miguel. Fala fluentemente, além do espanhol, o alemão, o francês, o italiano e o inglês. Nomeado bispo auxiliar de Buenos Aires em 1992, alcançou o cardinalato em 2001. Em 13 de março de 2013, diante da renúncia do Bento XVI, foi eleito papa depois de dois dias de conclave. Tornou-se o 266.º pontífice da Igreja Católica, o primeiro latino-americano.

Cardeais Aprovam Tribunal
10/06/2015 — O papa Francisco aprovou a criação de um tribunal para julgar bispos por abuso de poder. O novo órgão vai tratar especificamente de casos em que o bispo acobertar padres acusados de abusar de menores de idade ou de maiores vulneráveis. A decisão do papa foi formalizada no final do décima reunião do Conselho de Cardeais chamado de “C9”. A seção judiciária será instalada na Congregação para a Doutrina da Fé, mas as denúncias serão feitas a três congregações da igreja católica: Congregação Para os Bispos, Congregação Para a Evangelização dos Povos e Congregação Para as Igrejas Orientais.

richard-williamson1Francisco vs. Conservadores
04/04/2015 — Um mosteiro situado na cidade de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, está dando dores de cabeça imensas no papa Francisco. Os bispos, padres e monges encastelados no lugar rezam as missas em latim e vigiam implacavelmente a conduta dos seus fieis. Nas últimas semanas, passaram também a constituir os próprios prelados à revelia da cúpula católica, numa clara afronta às determinações do Vaticano. Na liderança desses conservadores está o bispo inglês Richard Williamson, que tem uma folha de embates com o papa anterior, Bento XVI. Eles criticam abertamente — inclusive na redes sociais — o que consideram o instintos liberais do Francisco. A disputa entre os religiosos de Nova Friburgo e os seus superiores já chegou às páginas dos jornais europeus, como o “La Stampa” e o “The Guardian”.

Francisco, O Papa de Cera
02/04/2015 O papa Francisco ganhou uma estátua no museu de cera de Paris, França. A escultura foi apresentada num evento em frente à Catedral de Notre Dame, no coração da capital francesa. A estátua vai fazer parte do acervo do Museu Grévin, que possui mais de 200 representações de personalidades históricas e celebridades. A escultura consumiu seis meses de trabalho de quinze artistas. Liderados pela iraniana Pooneh Aziminejadi, os artistas se basearam em fotografias e vídeos do papa. A estátua mostra o sumo pontífice sorridente, com sua habitual batina branca, o anel papal e o polegar direito levantado. “Desde 1982, o museu tem como tradição imortalizar o papa como um dos representantes da paz no mundo”, informou a instituição em uma nota.



© 2013 Tio Oda - Todos os direitos reservados