Imprimir
Categoria: Mitos Gregos
Acessos: 28

Cassandra
cassandra ft2

CASSANDRA era filha do Príamo e da Hécuba, rei e rainha da cidade de Troia. Certa vez, com o irmão Heleno, passou a noite num templo do deus do Sol, Apolo. Quando, no dia seguinte, os pais foram buscá-los, encontraram-nos enlaçados por duas serpentes, que lhes lambiam os ouvidos. A partir daí, os dois irmãos revelaram possuir o dom da profecia. Noutra versão, a Cassandra teria recebido esse privilégio diretamente do Apolo, após uma proposta de união carnal. Mas, obtida a concessão do deus, não cumpriu a promessa de se unir a ele. Para castigá-la, o Apolo retirou dela o dom da persuasão. Ou seja, ninguém mais daria crédito às profecias dela, embora verdadeiras. Assim, durante a Guerra de Troia, julgaram-na louca quando expressou suas funestas previsões sobre o conflito com os gregos.

cassandra1Por ocasião da tomada da cidade, caiu nas mãos do Ajáx, um dos chefes militares gregos. No fim da guerra, porém, na partilha dos despojos, foi tomada pelo rei Agamenon, com quem, mais à frente, teve dois filhos: Teledamo e Pélope. Prevendo desgraças, suplicou ao amante que não retornasse à sua terra. Agamenon não lhe deu ouvidos. Voltando à cidade de Micenas, foi assassinado pela esposa oficial, a rainha Clitemnestra. Cassandra e os filhos também teriam tido o mesmo destino. Mas outros autores sustentam que, depois da morte do Agamenon, ela teria partido para a região da Cólquida, onde teria contribuído para a fundação de uma nova cidade.