silvia-rossi1Playboy — Março de 1989
linha-gif

Ela apareceu no verão de 1987: um anúncio aqui, uma onda ali. Em março de 1989, a surfista Sílvia Rossi era uma top model do primeiríssimo time. E um símbolo da geração que adorava o corpo, o sol, o mar e o amor. Ajudar a vender jeans ou cosméticos de linha natural — duas coisas que tinha tudo a ver com ela mesma — era para ela apenas uma etapa do seu longo voo. Esse foi o perfil de Sílvia Rossi, mineira de Ouro Fino, que brilhou na capa de março de 1989. Foi também capa da revista I-D inglesa aos 22 anos. No Brasil, foi garota propaganda de O Boticário e da grife Top Plus. Além da capa, estrelou um ensaio sensual interno com dez páginas e fotos assinadas pelo fotógrafo Paulo Vainer.

Na tradicional entrevista, a Playboy de março de 1989 trouxe uma conversa franca com o humorista Carlos Alberto de Nóbrega. Ele confessou que no início do SBT (antes TVS), os problemas eram imensos, pois ninguém queria trabalhar lá: “antes da vinda do Jô (Soares), os artistas tinham vergonha de trabalhar na TVS”. Além de levar o Jô Soares , ainda teve um trabalhão para segurar o Gugu Liberato, que teria sido convidado pela Globo. Sobre o programa A Praça É Nossa, disse: “A Praça sobrevive porque o brasileiro é sentimental. Faço o que o meu pai fazia. E um dia o meu filho Marcelo vai me substituir”.  Uma grande entrevista com um dos mais antigos e lendários príncipes da televisão brasileira.

Na seção Bastidores, uma matéria sobre o surgimento do carro Kadet, modelo lançado em abril de 1989 pela General Motors. Com computador de bordo, o modelo foi o pioneiro desse acessório no final dos anos de 1980. Na página 51, uma reportagem especial de Fernando Morais conta com foi o sequestro do empresário Guilherme Afonso FerreiraWilly. Rendido por homens que se diziam da Polícia Federal, ficou meses “enjaulado” até pagar o resgate de cem quilos de ouro, no valor de 15 milhões de cruzados (a moeda da época). Em termos de lazer, a revista apresentou uma matéria sobre a sedução da pesca à beira do rio. Dá dicas sobre iscas e fala de pescadores célebres como George Bush (pai), Ernest Hemingway, príncipe Charles e outros. No quesito lançamento, uma resenha do livro Promessa ao Amanhecer, do lituano Romain Gary.

isadora-ribeiroNo quesito beleza, a edição faz uma retrospectiva das beldades que estrelaram as capas de 1988. São elas: Lúcia Veríssimo (atriz), Isadora Ribeiro (atriz), Luma de Oliveira (modelo), Mylene Macedo (modelo), Cláudia Raia (modelo), Sueli dos Santos (modelo), Jacqueline Meireles (modelo), Hortência (jogadora de basquete), Andrea Veiga (modelo), Cátia Pedrosa (apresentadora de tv), Mariette (modelo), Luciana Vendramini (modelo, pôster central) e Isabela Garcia (atriz). Da página 100 à 107, são apresentadas fotos espetaculares feitas pelo suíço Otto Weisser, uma prévia de uma edição especial que a revista faria sobre os fotógrafos especiais da Playboy.

Interessantíssima também a reportagem de Heloísa Campos sobre o prazer de fazer a barba. Uns preferem ao acordar, depois do banho, quando a pele está descansada. Outros preferem no início da noite, como parte de um processo de relaxamento ao fim de um dia de trabalho. Sobre bebidas, Marília Scalzo escreve sobre o Dry Martini, o drink preferido agente 007 (James Bond). Em relação à moda, um ensaio sobre o jeans. Despojado de todos os detalhes supérfluos, Janeiro, Federal de Minas Gerais, Unesp-Botucatu, Federal do Rio Grande do Sul, o jeans é o parceiro ideal. Na educação, a edição apresentou o oitavo ranking das melhores faculdades o Brasil. Em medicina, por exemplo, as melhores eram: Usp-São Paulo, Escola Paulista-São Paulo, Usp-Ribeirão Preto, Unicamp-Campinas, Federal do Rio de Santa Casa-São Paulo, Federal do Paraná.

sandalo1Na publicidade, as empresas patrocinadoras da edição foram: Burg (roupas), Honda (motos), Volkswagen (carros), Wella (shampoos), Fundação Educar (órgão federal), Charles Jourdan (moda masculina), Bamerindus (finanças), Trorion (colchões), Hering (malhas), Itapemirim (transportes), Worker (calçados), Kildare (calçados), Nike (tênis), Sony (eletrônicos), Aqualar (filtros), Azulen (creme de barbear), Rodão (insufilmes), Springer (condicionadores de ar), Bayard (roupas de pescadores), Gradiente (eletrônicos), Sândalo (calçados), Arrows (camisas), Jack Daniels (uísque), Ford (carros) e Souza Cruz (cigarros).

Piada da edição

O treinador do time de futebol ameaçado de rebaixamento para a segunda divisão entra furioso no vestiário, no intervalo da partida em que a sua equipe perdia por 2 a 0. Ele traz um jacaré nas mãos. Com os olhos fuzilando de raiva, chama os jogadores de frouxos.

Se vocês fossem machos como eu, venceriam a partida! Eu lhes mostro o que é ser macho! —Abaixa as calças e deixa o jacaré abocanhar o pênis por uns rápidos, porém dolorosos, segundos. Depois, dá um violento soco no olho do animal, que larga a presa e se refugia embaixo de um armário.

Agora quero saber quem de vocês é suficientemente macho para fazer isso! — esbraveja o treinador. Depois de alguns segundos de profundo silêncio, um jogador jovem, louro e bonito dá um passo à frente e fala com coragem: — Eu sou, treinador! Mas, por favor, só não me dê um soco violento desses no olho!

Ficha técnica da edição
Diretor de grupo: Mário Escobar de Andrade
Diretor de redação: Carlos Costa
Diretor Adjunto de moda e estilo: Fernando de Barros
Diretor Adjunto de atualidades: Carlos Maranhão
Diretor de Arte: Carlos Grassetti
Editora de fotografia: Dulce Helena Pickersgill
Editor de texto e cultura: Luciano Trigo
Editores de serviço: Luiz Antônio Maciel e Marília Scalzo
Editor executivo: Dante Grecco Neto
Editores de arte: Lúcio Seiji Segawa e Regina Cassaro Campos
Repórteres: Dalila Magarian, Ricardo Castilho e Suzana Junqueira
Consultora de moda e decoração: Suzie Pedovano
Produtor fotográfico de moda e decoração: Roggério Ceccassi
Produtora fotográfica: Maria Cristina Romero
Diagramação: Simone Spitzcovsky e Luiz Antônio Garcia
Secretário de produção: Enrique Garcia Moreno
Auxiliar de produção: Emerson G. Villar
Sucursal do Rio de Janeiro: Jackson Cansolin Bezerra
Colaboradores: J. R. Duran, L. F. Veríssimo, Ruy Castro, Ziraldo...
Diretor de publicidade: Meyer Alberto Cohen
Gerente de circulação: Carlos Herculano Ávila
Assinaturas: Gérson Cury

 

 


© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados