Imprimir
Categoria: Morgan Freeman
Acessos: 2509

morgan-freeman hood1Morgan Freeman

MORGAN PORTERFIELD FREEMAN JR. nasceu no dia 1.º de junho de 1937, na cidade de Memphis, Estado do Tennessee, Estados Unidos. Antes de se tornar ator, trabalhou como mecânico da Força Aérea Americana. Começou a carreira no teatro no início da década de 1960. Estreou no cinema já com 27 anos, num papel não creditado do drama “O Homem do Prego”. Entre 1971 e 1977, ficou conhecido nacionalmente ao emprestar a voz a um dos personagens em 780 episódios da série de animação “A Companhia Elétrica”.

Depois de diversas participações medianas, destacou-se em 1989 no drama de guerra “Tempo de Glória”, no qual fez um sargento de um regimento de negros da Guerra Civil Americana. No mesmo ano, recebeu o aplauso da crítica pelo desempenho na comédia de costumes “Conduzindo Miss Daisy”. Ganhou o Oscar, o Globo de Ouro, o Festival de Berlim e o prêmio do Sindicato dos Atores pelo motorista negro espezinhado e, depois, respeitado por uma velha professora de origem judia. A década de 1990 mostrou-se especialmente profícua, com participação em 14 produções. O destaque do período vai para a aventura “Robin Hood” (1991), o faroeste “Os Imperdoáveis” (1992) e o drama “Os Sete Crimes Capitais” (1995).

Na década de 2000, o trabalho dobrou. Foram mais de trinta trabalhos para a televisão e o cinema, com destaque para a fantasia “Batman Begins” (2005), a comédia de fantasia “A Volta do Todo Poderoso” (2007) e o drama biográfico “Invictus” (2009). Por este último, no qual fez o papel do líder sul-africano Nelson Mandela, ganhou o prêmio do Sindicato dos Atores. Na década de 2010, apareceu com destaque na fantasia “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge” (2012) e no drama histórico “Os Últimos Cavaleiros” (2015). Em 2019, interpretou o presidente dos Estados Unidos na ação “Invasão ao Serviço Secreto”. Em 2020, terminou a comédia de aventura “A Trilha do Retorno”. Também foi anunciado para o drama “A Noite Mais Longa”. No total, são 127 créditos como ator e dois créditos como diretor.