pequenos vestigios1The Little
Things

22/01/2021 — Estreou nos cinemas brasileiros o mais novo filme do ator Denzel Washington. Com 67 anos de idade, ele está em plena forma na ação policial “Os Pequenos Vestígios”. O personagem Joe Deacon é o xerife de uma cidadezinha da Califórnia. Um dia, precisa ir a Los Angeles para uma simples missão de coleta de provas. Mas o faro de detetive dele leva a polícia da cidade a lhe pedir ajuda para prender um assassino em série. Ao lado de muita ação, muitas cenas de suspense. Mundialmente, o filme estreou no dia 29 de janeiro. É o 59.º trabalho do Denzel Washington. Em 2021, ele terminou as filmagens do drama “A Tragédia do McBeth”, uma versão diferente, com seres sobrenaturais, da obra do escritor William Shakespeare.

Denzel
Washington

DENZEL HAYES WASHINGTON nasceu no dia 28 de dezembro de 1954, na cidade de Monte Vernon, Estado de Nova York. Na faculdade, inicialmente, matriculou-se no curso de jornalismo. Mas, logo adiante, mudou de ideia, resolvendo cursar teatro. Tornou-se, com o tempo, um dos atores mais celebrados do cinema mundial. A primeira oportunidade aconteceu em 1977, no telefilme “Wilma”. Depois de diversos outros pequenos papéis, viveu, 1987, o primeiro protagonista no cinema, encarnando o ativista político sul-africano Steve Biko no drama biográfico “Um Grito de Liberdade”. Ganhou, definitivamente, o aplauso da crítica com o desempenho no drama de guerra “Tempo de Glória”, pelo qual ganhou, em 1990, o Oscar e o Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante. Na categoria de “melhor ator” ganhou também o Globo de Ouro em 2000, pelo drama biográfico “O Furacão”, e o Oscar em 2002, pelo drama policial “Dia de Treinamento”.

o protetor 2 ft2 destaqueThe Equalizer 2
27/12/2018 — O premiado Denzel Washington esteve nos cinemas brasileiros entre os dias 16 de agosto e 23 de setembro com o filme “O Protetor 2”. De acordo com os números do mercado cinematográfico, o drama de crime, ação e suspense foi visto no período por 850.479 espectadores. A renda bruta girou em torno de R$ 16,1 milhões. Na bilheteria mundial, o filme fez 190,4 milhões de dólares, repetindo o sucesso do primeiro exemplar, de 2014, cuja arrecadação finalizou em 192,3 milhões de dólares.

Desta vez, o personagem Robert McCall trabalha como motorista. Nas horas vagas, ajuda pessoas vítimas de injustiças. Quando a amiga Susan Plummer (Melissa Leo) é morta durante a investigação de um assassinato na Bélgica, ele decide sair do anonimato. Procura o antigo parceiro Dave (Pedro Pascal), com o objetivo de encontrar pistas sobre a autoria do crime. Esse foi o 56.º filme do Denzel Washington. O ator, depois do enorme sucesso dos últimos anos, em que chegou a fazer de dois a três filmes por temporada, está, agora, numa fase de muita reflexão sobre os roteiros que lhe são apresentados. Por isso, para 2019, ainda não tem nada em vista.


 

 

 



© 2017 Tio Oda - Todos os direitos reservados